iPhone 13: todos os rumores do novo iPhone para 2021

Rui Bacelar

O lançamento dos novos iPhone está a meses de distância, mas isto é tudo o que sabemos até agora sobre a geração iPhone 13 da Apple. Da data de lançamento às caraterísticas dos iPhone 13 mini, iPhone 13, iPhone 13 Max, e iPhone 13 Pro Max.

Em 2021 deveremos ficar a conhecer oficialmente os próximos iPhone, retomando-se a calendarização habitual com a apresentação dos smartphones de próxima geração. Entretanto, compilamos aqui as informações, especificações e detalhes à medida que estes vão chegam à Internet. A informação aqui presente é verificada, com o artigo a ser periodicamente atualizado.

Este ano não contamos com o lançamento de um novo iPhone barato, a possível atualização do iPhone SE (2020). Assim, este telefone iOS continua a ser a melhor escolha para quem procura um iPhone barato e bom.

Contamos com até 4 novos telemóveis Apple para 2021

Apple iPhone 12 gama
A linha de smartphones iPhone 12 da Apple.

Segundo o analista de mercado Ming-Chi Kuo, em 2021 a Apple voltará a colocar no mercado até quatro tamanhos de iPhone 13, oferecendo assim ao público um bom leque de possibilidades. Ming-Chi Kuo é uma das fontes mais respeitadas no mundo Apple.

Assim sendo, contamos com o iPhone 13 mini - com ecrã de 5,4 polegadas, em seguida o iPhone 13 com ecrã de 6,1 polegadas, tal como o iPhone 13 Pro. Sem esquecer o modelo de topo, o Apple iPhone 13 Pro Max com ecrã de 6,7 polegadas de diagonal.

Até ao momento não temos indícios de um novo iPhone SE (2021), sucessor para o atual modelo barato da Apple.

A retoma da normalidade com as apresentações no Apple Park

Apple Park Cupertino
Em 2021 contamos com o regresso das apresentações físicas em Cupertino.

A retoma da normalidade aplicar-se-á também ao calendário de apresentações e lançamentos da Apple. Esta tese foi avançada por Ming-Chi Kuo, conceituado analista da Apple que vê a gigante de Cupertino a retomar o mês de setembro como o seu.

Isto é, contamos com a apresentação dos Apple iPhone 13 em meados de setembro de 2021, com a data de lançamento a ocorrer no final do mesmo mês, tal como a empresa nos habituou em anos anteriores, apesar da alteração em 2020.

O lançamento do novo iPhone terá lugar no fim de setembro de 2021, ou durante as primeiras semanas de outubro. Podemos ter uma chegada gradual aos mercados dos diversos modelos caso a empresa se depare com dificuldades na produção em escala.

Setembro é a data de lançamento apontada para os Apple iPhone 13

Tim Cook Apple CEO
Tim Cook, CEO da Apple

Por norma a Apple realiza o evento de apresentação do novo iPhone na segunda semana de setembro, normalmente a uma terça-feira. Já a data de lançamento dos produtos no mercado costuma ter lugar nos últimos dias desse mês de setembro.

A apresentação anual da nova gama de smartphones iOS é um dos maiores eventos de tecnologia. É aí que a Apple a define as novas tendências de mercado a serem seguidas pelas concorrentes e onde cativa os fãs de Cupertino e consumidores.

Em 2020 tivemos uma interrupção do calendário de apresentações e lançamentos com o atraso de um mês. Ainda nada está confirmado, mas os rumores e fugas de informação têm sido concordantes na retoma da normalidade.

O preço dos novos iPhone 13

Apple iPhone 12 modelos
As cores disponíveis para os Apple iPhone 12 Pro

Em 2021 contamos com os mesmos preços para os Apple iPhone 13, com a nova geração de telemóveis iOS a manter o padrão de preços atuais. Note-se ainda que em 2020 a Apple surpreendeu os consumidores com ligeiras descidas de preços nos EUA.

Assim, contamos com o iPhone 13 mini a começar nos 699 dólares e o iPhone 13 nos 799 dólares. Logo em seguida, o Apple iPhone 13 Pro a começar nos 999 dólares e o Apple iPhone 13 Pro Max nos 1099 dólares, respetivamente.

Em Portugal o preço dos novos iPhone 13 deve seguir o padrão:

  • iPhone 13 mini: desde 829
  • iPhone 13: desde 929
  • iPhone 13 Pro: desde 1179
  • iPhone 13 Pro Max: desde 1279

A Apple tem por hábito manter os preços cuidadosamente regrados e inalterados entre gerações, portanto, não contamos com aumento ou alteração significativa dos valores para 2021. Há, contudo, uma tese que sugere um aumento de preços.

O design do novo telemóvel Apple

Apple iPhone 12 cores
Os diferentes tamanhos e cores da geração iPhone 12.

O iPhone novo para 2021 manterá o design geral da geração atual - apresentada em outubro de 2020. Desse modo, contamos com arestas vincadas e laterais lisas, sem o efeito arredondado das gerações anteriores. Não contamos com mudanças significativas.

A mudança mais plausível será a redução do tamanho da notch, o intervalo no topo do ecrã reservado para os sensores True Depth que tornam possível o Face ID e para a câmara fotográfica frontal. Esta tese foi avançada pelo leaker Jon Proser.

A mudança que todos queriam no iPhone 12, uma notch menos impactante no aspeto geral do novo telemóvel Apple.

O relato do leaker baseia-se em supostos protótipos do novo telemóvel Apple a que terá tido acesso. Entretanto, também a publicação chinesa Digitimes avançou a mesma possibilidade como uma das maiores alterações para o novo iPhone em 2021.

Pouco provável é o rumor que a Apple poderá adotar um design e filosofia sem portas para o novo iPhone, marcando o início de uma nova era em que todas as transferências de dados e energia seriam feitos via wireless ou através das redes móveis.

Isto significaria que o novo telemóvel Apple não teria a porta Lightning a que estamos habituados e poderia motivar a indústria a abandonar gradualmente a dependência de cabos, por completo. Acreditamos que tal venha a acontecer, mas não tão cedo.

Como seria o novo iPhone para 2021 sem notch?

Apple iPhone 13 concept
Imagem concetual do possível iPhone 13. Crédito: Ben Geskin

Qualquer mudança no design dos iPhone será aplicada de forma gradual ao longo de várias gerações, tendo em conta o histórico e metodologia da Apple. Para já, um iPhone sem portas é pura especulação, ainda que tal possa estar a ser estudado.

Mesmo assim, em 2021 podemos ter um novo telemóvel Apple com o leitor de impressões digitais embutido no ecrã e o Face ID, algo nunca aplicado pela gigante de Cupertino. Esta tese também foi avançada por Ming-Chi Kuo, para o iPhone de próxima geração.

Em síntese, o design geral será mantido com arestas vincadas, laterais retas e construção em metal e vidro. Entre as possíveis mudanças apontamos a redução do tamanho do notch.

Ecrã OLED com alta taxa de atualização até 120 Hz

Apple iPhone 13

Entre os rumores mais recorrentes para o novo iPhone de 2021 temos a indicação da utilização de ecrãs LTPO, uma nova variante da tecnologia OLED que resulta em 20% de poupança no consumo energético, resultando em melhor autonomia.

Os novos lançamentos da Apple deverão empregar ecrãs de 5,4 polegadas, 6,1 polegadas e 6,7 polegadas, mas nem todos poderão ter a alta taxa de atualização a 120 Hz, segundo avança a ET News num dos rumores e teses mais recentes.

Para o utilizador comum, um ecrã a 120 Hz traz melhorias na experiência de navegação, com os conteúdos a serem apresentados de forma suave, sobretudo ao fazer scroll nas páginas. Será também uma grande mais-valia para os jogos.

Trunfo reservado para os telemóveis Apple iPhone 13 Pro e Pro Max?

Apple iPhone 13 120 Hz

Os ecrãs a 120 Hz foram cogitados para a geração iPhone 12, mas traziam um aumento no consumo energético com os paineis AMOLED. Este é um dos fatores apontados para a sua não inclusão na atual geração de telemóveis Apple.

É aqui que entra o novo tipo de ecrãs LTPO, já em uso nos Samsung Galaxy Note 20 Ultra, por exemplo. A nova tecnologia permite reduzir consideravelmente o consumo energético, podendo aplicar assim uma maior taxa de atualização a 120 Hz sem sacrificar a autonomia. Aliás, pela natureza do tipo de ecrãs LTPO não são necessários componentes adicionais para adotar os 120 Hz.

Até ao momento não é certo se todos os modelos de iPhone 13 terão esta benesse, ou se tal ficará reservado para os modelos mais caros.

Especificações técnicas dos iPhone 13

Apple iPhone 13

Seguindo a previsibilidade e um metrónomo, contamos com um upgrade geral nas especificações técnicas do iPhone 13. O novo telemóvel Apple contará com o próximo processador de Cupertino, o A15 Bionic que sucederá ao poderoso A14 Bionic a 5 nm.

Entre os vetores de melhoria do novo SoC (system-on-chip), contamos com um reforço do desempenho - a performance geral - bem como otimizações do consumo energético. Ao mesmo tempo, também a prestação gráfica deverá melhorar no A15 Bionic.

Em 2021 a Apple poderá estrear o primeiro processador a 4 nm, mas só em 2022 veremos os primeiros chips a 3 nm, de acordo com as notícias oriundas da China. De qualquer modo, o processador será uma das principais melhorias nos novos iPhone 13.

O novo Apple A15 Bionic e o modem para redes 5G

Apple iPhone 12
Visão explodida do iPhone 12 com destaque para os componentes.

A Apple deverá utilizar o modem (recetor de rede) X60 5G da Qualcomm nas próximas gerações de iPhone, segundo a documentação assinada pelas gigantes. Algo que permitirá aos futuros iPhone serem mais eficientes na gestão de redes 5G.

Note-se que a presente geração de telemóveis Apple tem um gasto considerável de energia quando ligados a redes 5G. Algo que se prende diretamente com a eficiência dos modems de rede utilizados e que a empresa quererá melhorar.

Entretanto, a gigante de Cupertino também começará a desenvolver os seus próprios semicondutores. A iniciativa reduzirá a sua dependência da Qualcomm para fornecimento de componentes, cimentando a centralização de recursos na empresa.

Suporte para o padrão Wi-Fi 6E nos iPhone 13

Wi-Fi 6E
O padrão Wi-Fi 6E trará maiores velocidades na transmissão de dados.

Mais ainda, para a nova geração de iPhone a Apple deverá garantir o suporte para o padrão Wi-Fi 6E, uma nova variante do padrão de redes Wi-Fi, permitindo velocidades superiores, bem como melhor transmissão de dados nos canais 2,4 Ghz e 5 Ghz.

Ao mesmo tempo, o iPhone 13 pode adotar um novo tipo de boards ou placas LCP (liquid crystal polymer circuit boards). A nova tecnologia permite maiores velocidades na transmissão de informação, com aplicação direta no processamento de imagens e nas aplicações que empreguem a realidade aumentada (RA).

Relativamente à capacidade das baterias, Ming-Chi Kuo aponta novas implementações que permitirão aumentar a capacidade da bateria sem expandir o seu tamanho físico. Algo que, naturalmente, poderá trazer uma melhoria geral da autonomia dos iPhone.

Por fim, contamos com os mesmos esquemas de armazenamento interno dos iPhone 12. Assim, começarão nos 128 GB, seguindo-se os 256 GB e terminando nos 512 GB para a versão base, intermédia e de topo, respetivamente.

As câmaras da geração Apple iPhone 13

Apple iPhone 12

Até agora poucas informações e rumores do iPhone 13 tocaram neste quesito. Há uma única fuga de informação que aponta novas objetivas com 6 elementos óticos para a câmara ultra-wide, a ultra-grande angular dos iPhone 13 Pro e iPhone 13 Pro Max.

Contamos também com melhorias no sistema de focagem automática, menor distorção na câmara ultra-grande angular e um reforço da qualidade geral em tdoas as câmaras. Algo possível graças ao software de processamento de imagem e a novos sensores.

A geração Apple iPhone 13 pode empregar um sistema de periscópio, presente em vários smartphones Android de topo, para melhor ampliação ótica. Algo que necessita de mais espaço e, como tal, pode ser reservado para o modelo de topo, o iPhone 13 Pro Max.

Zoom ótico com novo sistema de periscópio no iPhone 13 Pro Max

Apple iPhone sistema periscópico
Representação esquemática do sistema periscópico para smartphones.

O lançamento de novos iPhone em 2021 chegará com, possivelmente, um novo sistema de óticas para permitir melhor ampliação ótica sem distorção da imagem. Com uma organização horizontal dos elementos óticos, poderão empregar o sistema periscópico.

Contamos também com sensores de maiores dimensões que produzirão melhores imagens e vídeos. Infelizmente, não sabemos exatamente quais serão esses modelos de sensor, mas tal informação deverá ser gradualmente revelada pela Apple.

Por fim, Ming-Chi Kuo sugere que também no modelo iPhone 13 Pro teremos o sistema Sensor Shift, além do modelo iPhone 13 Pro Max. Algo que permite ao smartphone corrigir com grande precisão as vibrações ao utilizar o smartphone.

3 desejos para os Apple iPhone 13

1. 128 GB de armazenamento como novo ponto de partida. Em todos os modelos do novo iPhone gostaríamos de ver este padrão a ser utilizado, uma vez que em 2020 o iPhone 12 e iPhone 12 mini ainda começam nos 64 GB. Está na altura de melhorar!

Isto dará aos utilizadores maior flexibilidade e opções de armazenamento de conteúdos na memória interna dos telefones Apple. Algo realmente importante uma vez que a empresa continua a rejeitar a possibilidade de usar um cartão microSD para expansão.

2. Melhorias no zoom ótico das câmaras. É aqui que contamos com uma das principais melhorias na próxima geração, apesar de para já os rumores serem difusos. Aplicando o sistema de periscópio, a Apple pode melhorar bastante a ampliação nas câmaras.

3. Ecrã com taxa de atualização a 120 Hz. Para maior fluidez de conteúdos ao fazer scroll nas páginas e menus, além de melhorar a experiência de jogo. É já algo extremamente comum no segmento Android e deverá ser implemtado pela Apple em 2021.

Antes de ires, vê os melhores smartphones da atualidade, com a melhor compra para cada tipo de utilizador. Além disso, descobre as melhores VPN no mercado, com opções válidas para navegar na Internet em segurança.

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.