Apple ataca Qualcomm e fecha ainda mais o seu ecossistema

Abílio Rodrigues
Comentar

A Apple vai deixar de usar modems da rival Qualcomm nos seus dispositivos móveis, favorecendo a produção de chips desenvolvidos em Cupertino.

Johny Srouji, vice-presidente para as tecnologias de hardware da Apple, comunicou a alguns funcionários da marca a intenção de continuar a usar o maior número possível de componentes imaginados nas instalações da companhia, fechando a porta à concorrência.

Rivalidade entre Apple e Qualcomm já é antiga

Rivalidade entre Apple e Qualcomm

A tomada de posição acontece dois anos depois da tecnológica californiana ter manifestado pela primeira vez que pretendia colocar ponto final na parceria com a rival Qualcomm.

Ao que tudo indica, a Apple está já a fabricar o seu próprio modem mobile, de forma a processar mais uma transição estratégica para depender cada vez menos de terceiros no processo de fabrico dos seus equipamentos.

Este será mais um passo que a companhia liderada por Tim Cook dá em direção a um ecossistema cada vez mais fechado, mas que não constitui exatamente uma surpresa. Em 2019, a Apple comprou a divisão de modems da Intel por cerca de mil milhões de dólares, e parece começar agora a ver os frutos desse investimento.

Ecossistema da Apple é cada vez mais fechado

Ecossistema da Apple

Há já muito tempo que é notória a intenção da Apple em depender apenas dos seus próprios recursos para continuar a encontrar soluções que promovam a inovação. Steve Jobs disse um dia, citando Alan Kay, que "se levas o software a sério, tens de fabricar o teu próprio hardware," dando início a uma longa viagem para a independência.

Durante este ano, Cupertino deixou meio mundo de boca aberta com o lançamento de três produtos Mac com processador M1, desenvolvido pelos engenheiros de Apple Park, marcando o arranque da iniciativa para deixar de precisar da Intel como fornecedora de Sistemas em Chip (SoC).

Editores 4gnews recomendam:

Abílio Rodrigues
Abílio Rodrigues
Apaixonado por tecnologia desde que montou o seu primeiro computador, continua em fase lua-de-mel com tudo o que envolva um processador e permita umas sessões videolúdicas.