Um PESADELO chamado Xiaomi Redmi Note 4X – Review

Está na hora da Xiaomi bater o pé, ando cansado de ver a marca sem personalidade!

O Xiaomi Redmi Note 4X é um smartphone interessante, contudo, há muitos aspectos em que nos devemos focar para um dispositivo ser bom. Tenho de começar esta review por dizer que sempre gostei dos produtos da Xiaomi. Até ao momento testei equipamentos como o Redmi Note 3, Xiaomi Mi 5S, Mi Pad 2 ou até mesmo o antigo Redmi 2. 

Em todos eles senti-me minimamente atraído. Os smartphones sempre foram um passo à frente da concorrência da altura, até mesmo o Redmi 2, que não tinha nada de especial, estava a léguas dos seus adversários.

   

Sabe mais sobre preços e envios do smartphone aqui 

Mas este Xiaomi Redmi Note 4X ainda é um smartphone que “não consigo engolir” por vários fatores. Não me entendas mal, o smartphone não é mau, porém, acredito que a Xiaomi está a perder a irreverência de outrora.

Mas comecemos passo a passo e certamente no final da review perceberás o porquê da minha opinião.

Xiaomi Redmi Note 4X

Design e Qualidade de Construção

O Xiaomi Redmi Note 4X não é um smartphone mal construído. O dispositivo é maioritariamente de metal, à parte da parte das extremidades superior e inferior na parte traseira. Quanto à sua frontal, não surpreende mas também não desgosto.

O smartphone conta com bezels pequenos o que lhe dá um grip um pouco mais agradável, mesmo assim, se és uma daquelas pessoas que gosta de utilizar o dispositivo apenas com uma mão, devias pensar seriamente se queres investir neste terminal. O Redmi Note 4X é um pouco desconfortável e honestamente os materiais de construção não fazem dele nada de especial, ou seja, a concorrência está basicamente a par daquilo que este smartphone oferece.

O leitor de impressões digitais situado na parte traseira, logo abaixo da câmara, é rápido e agradável de se utilizar, é difícil por esta gama de preços ter um leitor tão rápido e eficaz, aqui a Xiaomi esmerou-se.

Performance e User Interface (UI)

O Xiaomi Redmi Note 4X conta com boas especificações para o preço apresentado. Com o processador Qualcomm Snapdragon 625, 3GB ou 4GB de RAM e 32GB ou 64GB de memória interna, o smartphone oferece uma fluidez agradável na maior parte dos casos. Porém, estas especificações deviam dar algo mais do que apenas uma “fluidez agradável”. No papel, o Xiaomi Redmi Note 4X é uma maravilha, mas na vida real as coisas não são a mesma coisa.

Isto porque o User Interface, com o nome de MIUI, foi um pesadelo que virou a minha vida 180 graus.

Sabe mais sobre preços e envios do smartphone aqui 

Sou um amante da MIUI devo dizer. Gosto dos icons, das possibilidades da câmara (com leitor de QR Code) e ainda da forma rápida de personalização, mas quando recebemos um smartphone para review, aquilo que vou analisar é o que me chega às mãos.

E o que me chegou às mãos foi um smartphone com uma ROM “martelada” que estraga totalmente a qualidade que o gadget deveria ter. Eu sei, eu sei… Mudar uma ROM não é nada do outro mundo, mas temos de perceber uma coisa, a 4gnews faz reviews para todos os utilizadores, não apenas para os nerds.

Assim sendo, tirar o smartphone da caixa e utilizar o dispositivo mal fazemos as primeiras configurações tem sido impossível num Xiaomi. Todos os equipamentos que recebi para teste da aclamada “Apple Chinesa” tinham um problema na MIUI.

Com este Redmi Note 4X notificações eram inexistentes a não ser que ligasse o ecrã. (Não eram definições, é a segunda vez que tenho este problema com um Xiaomi) Também senti problemas com o Bluetooth e em certas situações tive problemas com a fluidez do dispositivo em multi-tasking.

Ai e tal a culpa não é da Xiaomi, mas da empresa que põe lá o software… Certo e errado. Quem põe lá a MIUI da treta é o verdadeiro culpado, mas não consigo descartar as culpas da fabricante por não sancionar quem o faz. Os seus smartphones já não são revolucionários no hardware e se o software é uma treta, porque ei-de eu aconselhar tal dispositivo?

O Xiaomi Redmi Note 4X não ostenta o nome Xiaomi como deveria

Chegou o momento da Xiaomi bater o pé.

Vamos imaginar que em vez de um smartphone, estávamos a falar de um carro.

Fechas o negócio, pegas na chave e a primeira coisa a fazer é dar um salto ao mecânico porque o motor não estava como deveria de origem. Aqui algo está mal!

Se nos primeiros anos conseguia deixar a Xiaomi passar em branco por tal situação, chegou a altura que a Xiaomi precisa de crescer na mentalidade e não só nos números.

Ecrã

O ecrã do Xiaomi Redmi Note 4X é aceitável para a gama de preços. Mais uma vez, acredito que a Xiaomi poderia ter feito melhor. As cores são deslavadas, pouco saturadas e o brilho automático não é tão eficiente quando detetadas mudanças de luz. Até pode ser problema do software, mas lá está, no final de contas estou a avaliar o smartphone que tenho nas mãos.

Sabe mais sobre preços e envios do smartphone aqui 

O capacitivo é agradável, um pouco “soft” no haptic-feedback, mas não sentirás problemas em escrever neste smartphone.

Xiaomi Redmi Note 4X

Câmaras: Fotografia e Vídeo

Aqui a história é mais agradável do que a maioria de smartphones que normalmente faço a review por esta gama de preços. O Xiaomi Redmi Note 4X conta com uma câmara principal de 13MP que serve perfeitamente para fotografias à luz do dia. Com o HDR ativo terás mais qualidade de imagem, contudo, demorará escassos segundos para guardar a imagem tirada.

Quando a luz não é forte e a noite cai, a câmara não se porta tão bem, mas também não é um desastre. Conseguirás qualidade minimamente aceitável com algum nível de ruído.

commercial photography locations
Sample de fotos

Vê os samples de fotos aqui

A câmara frontal chega para umas boas selfies. Embora não seja fã dos software da Xiaomi para “limpar” as caras na câmara frontal com o “modo beleza”, acredito que ficarás satisfeito com o dispositivo neste setor.

Xiaomi Redmi Note 4X

Autonomia

Na bateria este smartphone brilha. O Redmi Note 4X conta com uma bateria de 4100 mAh e merece um destaque muito positivo. Consegui viver com 2 dias sem problemas quando estava como segundo smartphone, quando passou a ser o meu primeiro equipamento o smartphone chegou para um dia e meio sem se engasgar.

Infelizmente carregar a bateria não é um processo rápido e a entrada MicroUSB é questionável, visto que todos os outros smartphones começam a usar a USB Type-C.

Extras

O Xiaomi Redmi Note 4X conta com uma boa qualidade de chamadas, um GPS aceitável sem problemas de eficácia para o Google Maps e um leitor de impressões digitais superior à concorrência. Não há muito mais a apontar nos extras, porém, visto ser um dispositivo destinado a um sector de mercado inferior, consigo compreender.

Conclusão

Em suma, este Xiaomi Redmi Note 4X foi uma desilusão. Tenho de admitir que se a ROM fosse a original talvez a minha opinião fosse diferente, mas vocês merecem o meu total respeito, por isso dou-vos a minha experiência tal como foi.

Sabe mais sobre preços e envios do smartphone aqui 

A Gearbest forneceu-nos este dispositivo para review e fica livre de o comprar lá ou noutro sitio qualquer, (os links estão ao longo da review), mas não o consigo aconselhar de uma forma séria se a ROM que incorporar o terminal for a mesma que a minha.

Se fores um nerd, ou conheceres algum, alterar a ROM não é um grande problema e certamente ficarás com um smartphone digno de ser chamado “smart”.

Outras reviews a não perder:

Análise: Wiko Lenny 3 Max – Bastará ser barato? | Review

Este é o HUAWEI P10 | Review completa ao flagship da Huawei

Os Nokia estão de volta! Hands-on do Nokia 5 e Nokia 6

Pontuação 4gnews
Design
6.5
Qualidade de Construção
7
Performance / Desempenho
6.5
Ecrã / Tela
6.5
Interface / UI
5
Autonomia
9
Qualidade / Preço
7

Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho.
Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.