Huawei abriu um laboratório 5G discretamente na Coreia do Sul

António Guimarães
Comentar

De acordo com a Reuters, a Huawei abriu um laboratório de redes 5G na Coreia do Sul. Esta abertura foi feita de forma bastante discreta devido à expulsão da empresa por parte dos Estados Unidos.

A ordem que proíbe empresas americanas de fazer negócios com a Huawei não abrange a Coreia do Sul, de todo. Contudo, os Estados Unidos são um aliado de segurança da nação asiática. Assim sendo, a abertura do laboratório foi feita discretamente, onde apenas pequenas e médias empresas coreanas estiveram no evento.

A imprensa não foi informada do evento pois a Huawei não quis danificar a sua imagem ou de nenhuma das empresas envolvidas. O governo dos Estados Unidos ainda não fez qualquer comentário sobre a abertura do laboratório.

Por que razão a Huawei precisa de um laboratório 5G?

Para a Huawei, o ideal era ter laboratórios e centros de pesquisa 5G em vários países, de forma a impulsionar a implementação da nova tecnologia. Esta proibição por parte dos EUA veio estancar o avanço da Huawei em relação a novas tecnologias de redes.

No caso da Coreia do Sul, o país já disponibiliza serviços 5G desde abril mas as suas maiores operadoras, SK Telecom e KT, não utilizam equipamentos Huawei.

Atualmente, a Huawei providencia equipamentos de 5G apenas para uma pequena operadora chamada LG Uplus, pertencente ao grupo LG Electronics.

Com a construção deste laboratório, a Huawei espera poder desenvolver as suas tecnologias e convencer as grandes operadoras sul-coreanas a utilizar os seus equipamentos e infraestruturas.

Comentar
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.