Como saber o espaço ocupado no Google Fotos

Rui Bacelar

Os utilizadores do Google Fotos terão eventualmente que considerar a subscrição do plano pago, optar por serviços alternativos, ou ter especial cuidado com a gestão do espaço ocupado pelas suas fotografias. Para esse fim, compilamos o presente guia.

A partir do dia 1 de junho de 2021 as fotos e os vídeos com cópias de segurança feitas em alta qualidade passarão a contar para o limite de armazenamento gratuito de 15 GB. Note-se que os conteúdos armazenados em data prévia não serão afetados.

O Painel do Google é uma ferramenta de gestão

Centro de Controlo do Armazenamento Google

A tecnológica tem algumas ferramentas de gestão na sua plataforma entre as quais destacamos o Painel do Google. Aí, a plataforma mostra-nos um resumo sucinto da atividade do utilizador nos diversos serviços contemplados.

A partir deste painel de controlo virtual podemos ver os vários serviços Google que tiram proveito do armazenamento, entre os quais encontramos o Google Fotos em cujas opções podemos ver quantos itens e álbuns temos, entre outras informações.

O Painel do Google pode ser consultado através do computador e dispositivos móveis, sendo o primeiro passo e primeira paragem obrigatória. No entanto, esta janela indiscreta não apresenta o volume de armazenamento ocupado.

É possível ver e configurar todos os serviços Google

Centro de Controlo Google Fotos

O painel de controlo dá-nos algumas opções granulares para cada um dos serviços. A propósito, destacamos a possibilidade de fazer o download dos dados, ou transferir dados do respetivo serviço para o dispositivo móvel, entre outras opções.

A partir desse mesmo menu colapsável também temos acesso às "Configurações do Google Fotos". Isto leva-nos à página onde podemos definir a qualidade das cópias de segurança, definir os parceiros, o registo de atividade, entre outras opções.

Podemos recuperar armazenamento ao comprimir itens originais

Centro de Controlo Google Fotos

A primeira opção de recuperação de espaço de armazenamento surge nesta etapa. Aqui podemos comprimir itens originais para alta qualidade, fotografias e vídeos que tenham sido guardados sem compressão, podendo agora ser comprimidos.

Em qualquer caso, a Google apresentará o espaço que pode ser recuperado ao efetuar esta operação. Note-se que os ficheiros comprimidos perderão alguma qualidade e detalhe ao serem compactados.

A estimativa de armazenamento e ocupação do Google Fotos

Conta Google Fotos espaço

"Tem cerca de 6 meses de armazenamento restantes". Esta é a mensagem apresentada na página detalhada do armazenamento Google. É aqui que ficamos a saber quanto é que as fotos e vídeos ocupam, bem como o Drive, Gmail e espaço livre.

A ocupação de espaço detalhado por vídeos, imagens, correio eletrónico e outros elementos dos serviços Google são aqui apresentados de forma clara. Uma barra que, estando totalmente preenchida sinaliza o fim do espaço gratuito.

Vale referir que a Google tem várias plataformas, janelas e menus para apresentar a mesma informação. Estas são duas das plataformas que consideramos práticas para manter o armazenamento grátis do Google Fotos sob controlo.

Apagar fotos e ficheiros repetidos é uma opção a considerar

Apagar fotos no Google Fotos

O utilizador pode apagar fotos e vídeos no Google Fotos ao selecionar os ficheiros e carregar na opção "Mover para o Lixo". É possível fazer uma seleção em lote, ao premir sem soltar a tecla Shift, agilizando este procedimento.

Assim que os arquivos forem mandados para o lixo, estes continuarão disponíveis nessa secção durante 30 dias e podem ser repostos a qualquer momento. Após esse período, contudo, serão eliminados definitivamente dos servidores da Google.

Por fim, a Google já fez saber que futuramente disponibilizará uma ferramenta de gestão do armazenamento, com sugestões de imagens e vídeos a eliminar, além de previsões mais corretas do armazenamento restante.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.