5 dicas para escolher uma nova Smart TV em 2022

Rui Bacelar
Comentar

Escolher uma nova televisão pode ser mais fácil seguindo estas dicas e pontos de compra. Portanto, se chegou o momento de procurar uma nova televisão, seja para colocar na sala, na cozinha ou no quarto, a sua nova TV tem de ser um bom investimento e não ficar aquém das expetativas.

Assim, perante tantas as opções, como escolher o melhor televisor? Estes critérios de compra pode ser exatamente aquilo que procuram e farão a diferença na hora da compra.

1. Escolher o tamanho ideal de Smart TV

Em primeiro lugar, o tamanho da TV importa. Escolham o tamanho do ecrã acertado. Atualmente, e tendo em conta a dimensão típica dos espaços, o preço e o desempenho, o normal deverá ser entre 55” e 65”.

Além disso, considerem quantas pessoas irão usufruir regularmente da televisão, e a que distância do ecrã estarão. A distância necessária varia de acordo com cada tecnologia.

Mais ainda, optem sempre pelo maior tamanho de ecrã que se ajuste confortavelmente nesse espaço e no seu orçamento, para que dentro de um ou dois anos não tenha necessidade de fazer um upgrade.

2. Resolução 4K é o padrão a seguir em 2022

Se já decidiram sobre o tamanho, decida sobre o desempenho que segue a par com a resolução pretendida. Hoje em dia estão disponíveis muitas opções, entre HD e 4K. A resolução de um ecrã descreve o número de pixéis que compõem a imagem, em termos de linhas horizontais e colunas verticais.

A resolução full HD de 1920 x 1080 pixéis, tem sido o padrão e ainda é a resolução mais comum em televisões em todo o mundo. No entanto, a tecnologia evolui rápido e hoje a tecnologia Full HD (de 4K) começa a ser a mais comum e vários serviços de streaming como a Netflix ou até o Youtube, já oferecem conteúdos específicos para 4K.

As televisões 4k têm uma resolução de 3840 x 2160 pixéis, o que significa que têm quatro vezes o número de pixéis das atuais HD. Qual a vantagem? Até os objetos mais pequenos da imagem, têm muito mais detalhe e maior nitidez.

A imagem mais nítida também tem o benefício adicional de permitir que visualize confortavelmente o ecrã a uma distância inferior, tornando as televisões maiores mais confortáveis para visualizar numa sala de tamanho mais reduzido.

A resolução HDR é um novo recurso dos conjuntos 4K Ultra HD e significa alta faixa dinâmica, uma referência à sua capacidade de fornecer mais cores, mais níveis de contraste e maior brilho. O HDR é essencialmente uma atualização do formato 4K ou Ultra HD.

3. Tipo de ecrã e tecnologia laser ou LED

Outra dica para eleger a sua televisão, será decidir sobre a sua tecnologia: laser ou LED, com opções de sistema de retroiluminação incorporado ULED para contrastes incríveis, OLED para imagens com pretos profundos (introduzido aqui a componente de carbono e daí denominar-se Organic Light-Emitting Diode) e o QLED (Quantum Dot) desenvolvido com materiais nano e capaz de reproduzir mais de 10 milhões de cores.

4. Interface e portas HDMI

Igualmente importante, é o número de entradas HDMI que um aparelho possui. As portas HDMI na parte traseira podem ser usadas rapidamente para adicionar uma soundbar ou outro equipamento, ou consola de jogos.

Assim sendo, procurem pelo menos quatro portas HDMI; e opte pelo formato HDMI 2.1 mais recente, se possível.

5. A qualidade de som da Smart TV

Por último, não se esqueçam do som. A excelência da imagem só confere uma experiência única quando acompanhada pelo som à sua altura. Assim, quando comprar a sua nova televisão, ponderem acompanhar por uma soundbar, que complete o que se espera seja uma experiência única de entretenimento para toda a família.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com