Atenção! Google Fotos deixa de ser gratuito muito em breve, eis o que fazer!

Rui Bacelar

Ainda que possa custar a acreditar, o serviço Google Fotos deixará de ser gratuito. Com efeito, em novembro último demos a conhecer a decisão da gigante tecnológica anunciando o fim da gratuitidade da plataforma para o armazenamento de fotos e vídeos.

Mais concretamente, cada utilizador terá direito a 15 GB de armazenamento. Contudo, esse espaço será daqui em diante partilhado com todos os serviços da Google, desde o Gmail, ao Fotos, Drive e demais plataformas atualmente disponibilizadas.

15 GB para todos os serviços Google a partir de 1 de junho de 2021

All your existing photos and videos backed up in High quality and any new content you back up in High quality before June 1, 2021 are exempt from this change and will not count toward your Google Account storage. pic.twitter.com/lRaY4mQNFN

— Google Photos (@googlephotos) 11 de novembro de 2020

Primeiramente, o serviço de backup e armazenamento de imagens continuará a ser gratuito até ao limite de 15 GB que passa assim a ser partilhado entre as várias plataformas da Google. Até ao dia 1 de junho, contudo, podem fazer o upload dos conteúdos.

Em segundo lugar, importa frisar que a nova política entrará em vigor a 1 de junho de 2021. A partir dessa data, só os novos ficheiros (fotografias e vídeos submetidos para a plataforma) serão contabilizados para a nova quota ou limite de 15 GB.

Desse modo aconselhamos os utilizadores a carregarem (upload) todos os conteúdos que já tiverem nos dispositivos e que pretendam guardar na cloud. Por outras palavras, aproveitem até ao próximo dia 1 para guardar tudo o que valer a pena!

Armazenar tudo o que é importante até ao dia 1 de junho

This change will not take effect for six months, so you won’t need to change how you use Photos or take any action at this time. After June 1, 2021 over 80% of you should still be able to store roughly three more years worth of memories with your free 15 GB of storage.

— Google Photos (@googlephotos) 11 de novembro de 2020

Volvidos quase seis meses estamos agora na reta final da gratuitidade deste serviço. Tudo o que carregar até ao "fatídico" dia não será contabilizado para o limite de 15 GB, portanto, aconselhamos a que faça o quanto antes um novo backup dos conteúdos.

Assim que chegarmos ao dia 1 deixaremos de poder carregar todas as fotos e vídeo em "Alta Qualidade", padrão com armazenamento gratuito e ilimitado. Note-se que o padrão de qualidade "Original" já tinha este limite aplicado ao plano grátis.

Em síntese. Todos os conteúdos carregados para o serviço Google Fotos a partir do dia 1 de junho de 2021 contarão para o limite de 15 GB no plano gratuito. Embora possa parecer pouco, a Google afirma que até 80% dos utilizadores só vão atingir este limite após 3 anos.

Google Drive, Gmail e Fotos, todos partilharão os 15 GB

A remarkable 28 billion new photos and videos are uploaded to Photos every week. To welcome even more of your memories and build Google Photos for the future, we are announcing a change to our storage policy.Learn more here: https://t.co/SuS34HFjAu

— Google Photos (@googlephotos) 11 de novembro de 2020

No entanto, temos que considerar também os ficheiros armazenados na Google Drive e recebidos, por exemplo, pelo serviço de correio eletrónico, o Gmail. Somando todos estes fatores, podemos ficar mais rapidamente sem espaço, consoante o tipo de uso.

Por outro lado, a Google dispõe de ferramentas que nos mostram quanto espaço de armazenamento já temos preenchido. Ou, por outras palavras, quanto tempo é que vai durar o armazenamento remanescente.

Para tal, vê o nosso guia completo para uma melhor gestão, para que saibas tudo o que podes fazer com este serviço.Veja-se, em seguida, o exemplo da minha conta pessoal e a estimativa calculada pela Google.

Vale frisar que, pelo menos para já, quem tiver um smartphone Google Pixel 2 ou posterior não será visado pelas novas regras do serviço.

A Google diz-nos quanto tempo é que vai durar o armazenamento

Google Fotos

Pessoalmente tenho cerca de mais um ano de armazenamento grátis para todos os serviços da Google. Assim sendo, findo o mesmo, provavelmente optarei por uma das modalidades do Google One, serviço pago com as seguintes modalidades.

  • 100 GB -1,99 €/mês ou 19,99 €/ano
  • 200 GB - 2,99 €/mês ou 29,99 €/ano
  • 2 TB - 9,99 €/mês ou 99,99 €/ano

Por fim, caso pretendam continuar a usar apenas serviços gratuitos, além dos 15 GB oferecidos pela Google, temos várias alternativas que podem descobrir no nosso artigo. Há uma miríade de opções válidas aplicáveis em Portugal.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.