Samsung Galaxy Z Fold 2: publicidade mostra todas as razões para teres um smartphone dobrável

Filipe Alves
Comentar

Nem todos as pessoas parecem convencidas com os smartphones dobráveis, contudo, existem boas razões para pensares num destes Samsung Galaxy Z Fold 2. Pelo menos é o que a Samsung acredita.

O telemóvel ainda não está no mercado e a publicidade que podemos ver em baixo não era suposto já estar online. Porém, nada que uma boa fuga de informação para alegrar o fim de semana.

Vídeo promocional para o Samsung Galaxy Z Fold 2

No vídeo vemos a Samsung a dar destaque ao facto deste ser um telemóvel que é também um tablet. Refere que é perfeito para aqueles que querem o melhor dos dois mundos num só equipamento.

Vemos ainda a Samsung a mostrar uma quantidade enorme de possibilidades com a utilização do Samsung Galaxy Z Fold 2. Quando o ecrã aberto, tens realmente possibilidades únicas.

Características principais do Samsung Galaxy Z Fold 2

Samsung Galaxy Z Fold 2

  • Ecrã exterior de 6,23" polegadas Super AMOLED
  • Ecrã interior de 7,7" polegadas Dynamic AMOLED
  • Processador Qualcomm Snapdragon 865+
  • Memória RAM de 12GB
  • Memória interna de 512GB
  • Câmaras principais de 64MP + 12MP (telefoto) + 16MP (ultrawide)
  • Câmara frontal de 10MP + 10MP (ecrã exterior)
  • Bateria de 4,356mAh
  • Carregamento rápido de 15W (sem fios de 15W e reverso de 9W)

Este é um smartphone para alguns. Até porque o seu valor não é para qualquer carteira. Ainda assim, a Samsung acredita que este novo telemóvel pode ser o início de algo. Depois do sucesso dos últimos smartphones dobráveis, parece-nos que o caminho será este.

Já se falou que a Samsung está a trabalhar num smartphone dobrável com um preço acessível (a rondar os 900€, acessível para alguns) e a verdade é que esse sim, pode ser o telemóvel dobrável que mudará um segmento por completo.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.