Netflix Portugal

E o Netflix chegou a Portugal. Pois é, e à medida que chegamos ao fim do primeiro dia, o nosso país divide-se em 3 grupos:

  1. Os que disseram “finalmente!” e começaram já a usufruir do primeiro mês gratuito.
  2. Os que andaram o dia todo a pesquisar e a medir os prós e contras do serviço.
  3. Os que, em relação ao assunto, soltaram um sonoro suspiro de desinteresse.

Independentemente do grupo onde estejamos, não podemos negar que o Netflix é uma importação bastante interessante. Fora de Portugal já tem um certo estatuto, uma identidade. O termo “binge watching” (devorar uma série, ver vários episódios de seguida) explodiu em popularidade graças ao Netflix que já está na casa de milhões de pessoas pelo mundo inteiro.

   

Agora, a nossa cultura em Portugal é um pouco diferente. Aqui temos as empresas de telecomunicações, os pacotes, os bundles, Triple Play, etc. Além de que, devido a motivos financeiros, muitos ainda recorrem a métodos alternativos para consumir multimédia, o que às vezes compromete a nossa segurança virtual e estabilidade.

Nesse sentido o Netflix é uma excelente alternativa que vem quebrar um pouco a rotina. Mas ao mesmo tempo não devemos estar com grandes expetativas, pois ainda temos muito a trabalhar para chegarmos a um estado de telecomunicações que agrade a todos, ou pelo menos que agrade o bolso. A atualização do conteúdo pode ser um entrave pois todos sabemos como muitas vezes o conteúdo chega a terras lusas bastante depoi.

netflixProgramas como o Conan O’Brien ou Daily Show passavam cá com um mês de atraso, para não falar de séries e animés. Este atraso da multimédia está tão entranhado na nossa cultura que recentemente a Fox lançou anúncios de novas séries com a frase “Veja ao mesmo tempo que passa nos Estados Unidos.” Uau. Como se já não fosse um pouco óbvio que no mundo inteiro uma série devia ser disponibilizada para todos em no máximo dos máximos, uma semana.

Mas isto já sou eu a divagar e há muito que se lhe diga sobre comprar séries e obter direitos televisivos. Resta saber se vamos ter conteúdo interessante e recente no Netflix ou se vamos passar as próximas chuvosas tardes de sábado a rever a filmografia do Chuck Norris em 4K. Como já mencionado num artigo anterior, a Netflix oferece-nos três planos começando com um dispositivo em qualidade SD por 7,99€, dois dispositivos HD por 9,99€ e finalmente 11,99€ com quatro dispositivos UHD.

O que sugiro que muita gente faça é que fale com amigos ou família e divida a fatura, tendo todos acesso a conteúdo de alta definição por 2€ ou 3€ cada por mês. De qualquer forma não há fidelização, não há obrigações e existe sempre o primeiro mês gratuito para experimentar.

Aproveita para dar uma vista de olhos na minha opinião sobre o assunto no vídeo abaixo, subscreve aqui o nosso canal e claro, deixa a tua opinião!

Artigo e vídeo criado por António Guimarães aka Batatek

Talvez queiras ver:

Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho. Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.