Huawei: smartphones Nova 10 chegam acompanhados de Watch D com certificação médica

Mónica Marques
Comentar

Também na IFA, a Huawei apresentou a sua mais recente série de smartphones Nova 10 juntamente com novas funcionalidades no Watch D.

O smarwatch apresenta-se agora como um dispositivo médico certificado enquanto os Nova 10 contam com uma câmara frontal de 60 megapixéis, ideal para produção de conteúdos para as redes sociais.

Huawei Watch D com certificação médica para função de eletrocardiograma

Huawei Watch D
O Huawei Watch D vai ser lançado no mercado europeu com função ECG medicamente certificada Crédito@Huawei

No início deste ano, a Huawei apresentou o Watch D, mas agora aproveitou os holofotes da IFA para revelar as novidades deste modelo. O smartwatch vai ser agora lançado no mercado europeu como um dispositivo médico certificado. Tudo porque a função de eletrocardiograma (ECG) do wearable é agora medicamente certificada pelas autoridades competentes. Esta é a grande novidade do modelo que conta com um ecrã AMOLED de 1,64 polegadas que fornece uma resolução de 456x280 pixéis.

Nos recursos direcionados para a saúde, está equipado com monitorização dos níveis de oxigénio no sangue, da frequência cardíaca, sensor para medir a temperatura da pele e ainda avaliação dos níveis de stress.

Já para a prática de desporto dispõe de mais de 70 modos de treino, contando também com posicionamento GNSS para uma recolha mais precisa das rotas e dados recolhidos durante a prática de atividade física.

Huawei Nova 10 com uma câmara frontal superior à do painel traseiro

Habitualmente, quando descrevemos a parte ótica de um novo smartphone, as atenções concentram-se na configuração de câmara traseira que, regra geral, apresenta especificações mais avançadas que a frontal.

Na mais recente série de smartphones da Huawei, tal não acontece. O Nova 10 Pro chega ao mercado equipado com uma poderosa câmara frontal de 60 megapixéis com capacidade para gravar vídeo 4K. Tal atributo, fazem deste terminal o modelo ideal para a produção de conteúdos para as redes sociais. Parece que a Huawei está a tentar conquistar os utilizadores mais jovens, afirmando mesmo que este terminal está direcionado para esse público-alvo.

Já no painel traseiro, o Nova 10 Pro apresenta um sensor primário com “apenas” 50 megapixéis que é complementado por um ultrawide de oito megapixéis e por um sensor de profundidade com dois megapixéis de resolução.

Outra boa novidade é que este terminal conta com suporte para carregamento rápido de 100 watts, sendo que a marca afirma que em apenas 20 minutos a bateria vai de 0 a 100%.

De resto, o modelo integra ainda um ecrã de 6,78 polegadas que fornece uma resolução de 2652x1200 pixéis.

Chega às prateleiras das lojas portuguesas durante o mês de outubro por um custo de 769,99 euros com oferta da Watch Fit Mini, numa fase inicial.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.