Facebook compra Giphy em negócio milionário

António Guimarães
Comentar

De acordo com a Axios, o Facebook comprou a plataforma de imagens animadas (gifs) Giphy. A compra foi fechada com um valor de 400 milhões de dólares, sem mais detalhes avançados pelo Facebook. A Giphy já mantinha parceria com o Facebook, onde estava presente em todas as apps de comunicação como Messenger e WhatsApp.

Mais uma vez, o Facebook opta por comprar as suas parceiras ou potenciais concorrentes. No entanto, esta é uma compra que faz todo o sentido. Afinal, 50% do tráfego recebido pelo Giphy era oriundo das plataformas que são propriedade do Facebook, as mais utilizadas do mundo.

Embora não revelasse muitos detalhes, o Facebook afirma que irá investir em desenvolvimento de tecnologias para o Giphy, de forma a melhorar o serviço. Além disso, a empresa pretende melhorar a relação entre os criadores de conteúdo e programadores.

fdgfd

Giphy começou como um motor de busca de gifs

Fundada em 2013, a Giphy teve origens simples onde servia como motor de busca de imagens animadas, onde utilizadores podiam carregar as suas gifs. Escusado será dizer que o Giphy desempenhou um papel importante a popularizar partilha de memes diretamente por mensagem.

A sua primeira grande expansão ocorreu quando foi criada uma extensão do Facebook, que permitia a partilha de imagens através da rede social. Esta criada no mesmo ano de lançamento do motor, bem como o suporte secundário para o Twitter.

De acordo com o Crunchbase, o Giphy já angariou 150 milhões de dólares oriundos de empresas de capitais de risco. Nada mau para uma empresa que começou como motor de busca para imagens animadas.

Editores 4gnews recomendam:

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.