DPD investe milhões no seu maior hub de encomendas em Portugal, cuidado CTT

Rui Bacelar
Comentar

A transportadora DPD quer afirmar-se como a referência nos transportes expresso em Portugal e melhor alternativa aos serviços dos CTT, a entidade paradigmática no nosso país. Portanto, se fazem compras online, temos agora boas notícias!

Investindo um total de 28 milhões de euros em Portugal, a DPD terá um novo espaço, de 12 000 metros quadrados, localizado em Loures. Aí, no novo hub de encomendas, irá juntar as operações de São João da Talha e dos Olivais.

DPD quer conquistar o mercado dos CTT Expresso

DPD Encomendas

O novo hub da DPD vai dar resposta, ao nível de entregas, às zonas de Lisboa, Odivelas, Loures, Vila Franca de Xira, Mafra, Torres Vedras, Alenquer, Carregado. O melhor de tudo? A conclusão das obras está prevista para maio de 2023.

Esta empresa focada mercado doméstico do transporte expresso anuncia assim a intenção de investir €28 milhões no desenvolvimento de um novo hub de distribuição de encomendas em Loures, na região de Lisboa.

Este investimento surge como resposta ao crescimento da atividade da DPD em Portugal. Algo que, em 2021, concretizou 23,8 milhões de encomendas (mais 10,8% que no período homólogo), totalizando uma faturação de 88,5 milhões de euros.

Assim, de acordo com Olivier Establet, CEO da DPD Portugal, “este crescimento é reflexo quer do aumento significativo e gradual que o comércio online está a ter em Portugal. O que corresponde a uma subida do número de entregas de encomendas".

"Isto quer da capacidade da DPD em acompanhar a evolução das necessidades dos nossos clientes B2B e B2C, que procuram cada vez mais serviços de entrega que aportem facilidade, rapidez e comodidade à jornada de distribuição de uma encomenda. Algo que, simultaneamente, consigam contribuir para a redução do impacto no ambiente”.

Reforço milionário para a expedição das encomendas em Portugal

DPD Encomendas

Assim sendo, para completar a sua ideia, o responsável pela operação da empresa em Portugal recorre ao último Barómetro e-Shopper 2022 da DPD:

“Segundo podemos verificar neste relatório, o e-commerce continuou a crescer nos últimos dois anos. Mais concretamente, com o mercado português a ganhar novos e-shoppers, sobretudo em 2020 (8%), e novamente em 2021 (2%)."

"Em simultâneo, novas soluções como a rede pickup e os lockers ganharam ainda mais expressão. Agora com 20% dos consumidores a aderirem a estas alternativas para usufruírem da maior comodidade possível no processo de recolha das suas encomendas.”

O novo hub de Loures, cuja conclusão das obras está prevista para maio de 2023, vem reforçar a resposta da empresa às entregas na área da Grande Lisboa.

Ou seja, em particular às zonas de Lisboa, Odivelas, Loures, Vila Franca de Xira, Mafra, Torres Vedras, Alenquer e Carregado.

O espaço juntará as atuais operações de São João da Talha e dos Olivais, e irá contemplar as atividades de triagem e distribuição, assim como no que diz respeito a todos os serviços administrativos.

Mais contratação para reforçar a rede de entregas DPD

DPD Portugal contrata mais de 600 colaboradores para responder ao aumento do transporte expresso https://t.co/DlOnLsbtrR

— Jornal Económico (@ojeconomico) 10 de novembro de 2021

Para além disso, com este investimento, a DPD prevê apostar no aumento da sua frota e na contratação de novos colaboradores a médio prazo, consoante o crescimento da atividade.

Numa primeira fase, as equipas serão constituídas pelos trabalhadores que trabalham, atualmente, nas duas operações (São João da Talha e Olivais) já existentes na região.

De destacar, também, a inovação associada à construção do novo hub, que irá contar com a instalação de uma nova máquina de triagem com um sistema de crossbelt único em Portugal.

Além disso, e em linha com a estratégia verde de negócio da DPD, o novo edifício terá uma certificação Breeam Excellent – sistema de avaliação internacional desenvolvido pelo BRE (Building Research Establishment).

Algo que permite medir o grau de sustentabilidade ambiental dos edifícios – e disponibilizará, também, 120 postos de carregamento elétrico para veículos da sua frota.

Por fim, a DPD Portugal detém 15 estações (Vila Real, Porto, Maia, Guarda, Viseu, Coimbra, Leiria, Torres Novas, Póvoa de Santa Iria, Lisboa, Corroios, Sintra, Évora, Faro e Funchal). Ademais, tem uma frota de mais de 700 viaturas de distribuição. Atualmente, emprega 1.200 colaboradores

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@4gnews.pt