A Mobile World Congress abre as portas ao público apenas na próxima segunda-feira, mas até lá espera-nos um domingo de grandes novidades. Mas antes disso mesmo, a TCL aproveitou a maior tranquilidade do dia de hoje para apresentar o novo BlackBerry KeyOne.

Este novo smartphone Android marca o regresso da marca aos equipamentos com um teclado QWERTY que tanto a caracteriza. Representa ainda o primeiro smartphone da marca desde que a mesma passou a ser tutelada pela TCL, empresa que detém outras marcas como a Alcatel.

Aproveita aqui os melhores descontos em Smartphones

   

Pois bem, depois de te termos dado a conhecer o novo smartphone da BlackBerry, é hora de falarmos mais a fundo das funcionalidades que o tornam ímpar.

Um teclado que é muito mais do que isso

BlackBerry KeyOne

Tal como foi dito no artigo de apresentação do novo BlackBerry KeyOne, o seu teclado QWERTY fará muito mais do que apenas digitar texto. O mesmo terá uma funcionalidade de trackpad. Em termos práticos, isto significa que quando estiveres a navegar por qualquer página, bastará fazer swipe no teclado, ao invés de no ecrã, que a página irá mover-se da mesma forma.

Mesmo em questões de escrita, existem aqui funcionalidade dignas de referência. Tal como acontece em muitos teclados virtuais para o Android, também o teclado deste KeyOne te permitirá a escrita através de swipes.

Este mesmo teclado possui ainda tecnologias que o permitirão prever e auto-corrigir o teu texto com o intuito de tornar esta tarefa o mais simples possível. E para selecionares as palavras que ele te irá sugerir, não será necessário ires ao ecrã para as escolheres. Bastará um swipe na direção da palavra pretendida.

Por fim, mas não menos importante, na tecla de espaço estará embutido um sensor de impressões digitais. Esta é uma decisão inteligente, pois assemelha-se, em termos de posicionamento, a muitos dos botões home presentes noutros concorrentes.

BlackBerry KeyOne conta com a maior bateria num smartphone da marca

BlackBerry KeyOne

É verdade, a bateria de 3505mAh presente neste BlackBerry KeyOne é a maior alguma vez presente num smartphone BlackBerry, apesar de este ser um dos equipamentos mais pequenos da marca.

Mas isso não implica que tenhas de esperar uma eternidade para que o teu smartphone seja totalmente carregado. Graças à tecnologia Quick Charge 3.0 da Qualcomm, a bateria do KeyOne é capaz de atingir os 50% de carga em apenas 36 minutos.

Vê também: Samsung Galaxy S8 vê a sua silhueta revelada pelo Evleaks

Não te preocupes que a sua rapidez de carregamento não se limitará à primeira metade da mesma. Graças à tecnologia Boost apresentada, quando este equipamento estiver à carga, a mesma irá ativar o modo de poupança de bateria para que o tempo de carregamento seja mais curto.

A segurança do software BlackBerry

BlackBerry KeyOne

Mesmo estando agora a BlackBerry sob o domínio da TCL, continuará a ser a empresa canadiana a desenvolver o software empregue nos smartphones. Com efeito, este BlackBerry KeyOne corre uma versão modificada do Android 7.1 Nougat com aditivos de segurança BlackBerry.

Exemplos das melhorias empregues pela marca neste equipamento são alguns métodos de estabilização do acesso root ao equipamento ou a aplicação de segurança DTEK instalada por defeito.

Todas as atualizações de segurança libertadas pela Google para o seu sistema operativo serão manuseadas pela equipa de segurança da BlackBerry, com o compromisso de as entregar o mais rápido possível ao equipamento para que a segurança do mesmo não seja comprometida.

Como vês, há toda uma panóplia de funcionalidades que à primeira vista podem passar despercebida ao utilizador, mas que tornam este equipamento único. Esta é a amostra de que os equipamentos BlackBerry estão bem entregues às mãos da TCL, continuando a oferecer certas características que sempre caracterizaram os equipamentos da marca canadiana.

Outros assuntos relevantes:

LG G6: Eis as cores do próximo topo de gama da LG

Imagens e especificações do Galaxy Tab S3 foram agora reveladas

Bluboo Edge: Ecrã CURVO por 115€? Análise / Review

O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.