vernee-apollo-lite-1

Até meados do mês passado ninguém conhecia a Vernee, até porque a mesma não existia. Na altura, a marca introduziu-se ao mundo com um equipamento que despertou a curiosidade de muitos, principalmente pelos seus 6GB de RAM.

Contudo a memória RAM do Vernee Apollo não é o único trunfo deste novo equipamento. Olhando para um equipamento com um corpo metalizado, um processador Helio X20, sensores fotográficos da Sony e um preço de venda a rondar os $400, é óbvio que não passaria despercebido aos olhares dos consumidores.

   

Vê também: Oppo F1 Plus (um iPhone 6S com o dobro das especificações e por metade do preço)

Passado este pouco tempo, a Vernee atacou de novo e decidiu apresentar mais um equipamento bastante interessante, o Vernee Apollo Lite. Este novo equipamento possui também ele uma construção metalizada, que embora possua algumas diferenças estéticas em relação ao anterior, continua a ser um terminal com uma construção acima da média.

vernee-apollo-lite-2

Já no que toca a especificações, estamos perante o mesmo processador deca-core Helio X20, um ecrã de 5.5 polegadas com uma resolução Full HD 1080p, 4GB de RAM e ainda 32GB de armazenamento interno, com possibilidade de expansão com recurso a um microSD.

Já no campo fotográfico, estamos a olhar para um sensor principal de 16MP, acompanhado de um flash LED, e um frontal de 5MP. Este equipamento conta ainda um um sensor de impressão digital, USB Type-C e Android 6.0 Marshmallow.

Para o fim reservo outro dos grandes trunfos deste novo equipamento e que começa a também um dos grandes trunfos da própria marca, o preço. Embora estejamos perante especificações bastante arrojadas para um modelo Lite, o seu preço será de $200.

Mais uma vez a Vernee apresenta-nos um equipamento com especificações e qualidade de construção respeitáveis, a um preço bastante reduzido para o que estamos habituados a ver pelas grandes marcas. Pena será talvez a dificuldade em trazer um exemplar destes para a Europa.

Talvez queiras ver:

Viaphonearena
Fontetechradar
O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.