Senhora de 84 anos 'dá a volta' a extorsionários de Bitcoin

António Guimarães
Comentar

Uma história bastante caricata aconteceu nos Estados Unidos, onde reside a cidadã Arlene Kaganove de 84 anos. Kaganove contou ao jornal NBC como criminosos tentaram extorquir-la de 1,400 dólares em bitcoins, através de um esquema de e-mail.

Tudo começou quando Kaganove inscreveu-se no programa de recompensas MyPanera para poder receber um bolo grátis no seu aniversário. Panera é uma cadeia de restaurantes americana. Posteriormente ao registo, Kaganove começou a receber e-mails ameaçadores.

Criminosos tentaram extorquir Kaganove com afirmações falsas

Os e-mails detalhavam como o remetente possuia vídeos de Kaganove a consumir conteúdo para adultos, no computador. O pagamento teria de ser enviado para que os vídeos não fossem espalhados na internet.

Mostrando o seu bom sentido de humor, Kaganove disse ao NBC que se os criminosos a tivessem filmado, tudo o que iriam ver era "uma pequena velhinha frustrada porque o computador não está a fazer o que mandou". Kaganove não caiu no esquema de tudo. A cidadão americana tem uma educação bastante vasta, com dois mestrados em química e advocacia.

O restaurante Panera reconheceu o incidente

Na sequência desta situação, a cadeia de restaurantes reconheceu que o seu site tinha sido alvo de um ataque informático. Cerca de 10 mil utilizadores registados tiveram os seus nomes, e-mails, moradas e datas de aniversário reveladas.

No entanto, a cadeia afirma que o programa de recompensas MyPanera não foi afetado. Assim sendo, a tentativa de extorsão feita a Kaganove não partiu da fuga de informação massiva, tratando-se de um 'mero' acaso.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.