teambuilder_highres1920Segundo o The Daily Dot, a Riot, empresa detentora de um dos jogos online mais jogados do mundo, está a pedir às equipas qualificadas para o League of Legends World Championships 2015 para retirarem o nome da empresa dos seus equipamentos e merchandising.

Ao que parece, este conflito deve-se ao simples facto de que a G2A vende contas e packs de boosting para o League of Legends, o que viola os termos do jogo, daí algumas das equipas, por não quererem ver as suas participações na competição proibidas, já terem começado a retirar o patrocínio. Tal como disse J Eckert, um dos membros da Riot.

“Não foi uma decisão fácil, e aconteceu depois de várias semanas de conversações com o G2A para encontrarmos uma solução, sem chegarmos a um acordo. Nós não gostamos de afetar a rentabilidade das equipas, mas as regras do LCS proíbem especificamente este tipo de coisas”.

   

Na minha opinião, apesar de isto poder prejudicar algumas das equipas, é uma decisão completamente percetível e aceitável, contudo deixa-nos a tua opinião nos comentários.

Talvez queiras ver:

Youtuber e colaborador 4gnews sempre que possível, acredito que a tecnologia faz parte do nosso quotidiano mais do que nunca. Acredito no sucesso do futuro com energia limpa com uma sociedade tecnologicamente revolucionária.