OPPO Find N: novo smartphone dobrável é poderoso e mais barato que o Samsung Galaxy Z Fold3

Rui Bacelar
Comentar

Fiel à sua promessa a OPPO acaba de anunciar o primeiro smartphone dobrável lançado em nome próprio. Fê-lo durante o evento OPPO INNO Day 2021 após vários teasers e rumores. Agora, temos finalmente o smartphone OPPO Find N, o primeiro telefone dobrável disponível para o público da marca revelação em 2021.

É o culminar do evento da fabricante em que também ficamos a conhecer os óculos inteligentes Air Glass, bem como o sistema de câmara retrátil, além do novo chip MariSilicon X. Agora, temos um rival perfeito para o Samsung Galaxy Z Fold3.

Este é o primeiro smartphone dobrável da OPPO

#OPPOFindN is live now, don't miss out the foldable flagship launch event! https://t.co/ExtDBD3ocM

— OPPO (@oppo) 15 de dezembro de 2021

O dispositivo tem uma configuração similar ao icónico Samsung Galaxy Z Fold3 que, aliás, define atualmente o segmento dos dobráveis comercialmente disponíveis. Trata-se de um telefone que abre e fecha como um livro, de forma bastante orgânica.

OPPO Find N

Há, todavia, uma diferença notória entre o OPPO Find N e o Galaxy Z Fold3, o formato / aspeto de ecrã. Isto é, ao passo que o telefone Samsung é bastante esguio e alto como um comando à distância quando fechado, devido ao formato 25:9, no telefone OPPO temos o formato mais convencional de 18:9.

O ecrã exterior é agradavelmente familiar com 5,5 polegadas

Isto resulta num telefone mais compacto com o OPPO Find N, mais similar a um smartphone normal (ainda que mais espesso), quando está fechado. Aliás, o ecrã exterior do novo OPPO tem 5,5 polegadas com resolução Full-HD+ de 1972 x 988 pixeis.

OPPO Find N

Tal como podemos ver pelas imagens oficiais, o Find N é extremamente similar ao OPPO Find X3 Pro quando está fechado, o que facilita o uso com uma só mão. É muito similar aos smartphones a que estamos habituados e isso facilitará a sua adoção.

Smartphone OPPO Find N

Acima vemos o ecrã exterior do smartphone OPPO Find N, com aparência normal e a câmara frontal a perfurar o ecrã. É uma "tela" de 5,5 polegadas com formato 18:9 e alta densidade de pixeis com resolução Full-HD+. Este é um dos seus pontos diferenciadores.

O ecrã principal tem umas impressionantes 7,1 polegadas

Por outro lado, isto significa que quando o ecrã está aberto (ou o telefone estendido), temos um ecrã principal particularmente panorâmico com 7,1 polegadas e resolução Full-HD+ de 1792 x 1920 pixeis que, por predefinição, está em modo panorama.

OPPO Find N

A OPPO justifica esta escolha com a intenção de não tornar o ecrã exterior demasiado saturado e apertado causando um aspeto desconfortavelmente alto e esticado. Por outro lado, afirmam que o ecrã interior é ideal para vídeo, entretenimento e jogos.

O ecrã consegue sobreviver a mais de 200 mil ciclos de fecho e abertura

Importa notar que o ecrã interno tem tecnologia LTPO OLED, fabricado pela Samsung, com alta taxa de atualização até 120 Hz. É, com efeito, um dos melhores ecrãs no mercado, com taxa de atualização que pode ir do 1 Hz aos 120 Hz consoante o conteúdo.

OPPO Find N

A durabilidade deste ecrã foi um dos quesitos mais divulgados pela OPPO. A par disso, a fabricante garante que este ecrã é coberto pelo vidro UTG (ultra-thin glass) para minimizar a sensação de plástico ao tocar na sua tela panorâmica.

A vinca do ecrã é menos notória no OPPO Find N

Mais ainda, a vinca no meio do ecrã, o flagelo de qualquer dobrável, é menos notório neste OPPO Find N devido ao formato da dobradiça utilizada pela marca. Trata-se de uma implementação similar à da Motorola e Huawei nos seus telefones equivalentes.

OPPO Find N
Visão esquemática do OPPO Find N dobrado e respetiva dobradiça.

Ainda de acordo com a OPPO este smartphone pode ser usado no "modo de computador", com o ecrã a poder ser dobrado e ajustado em vários ângulos. Isto é, podemos encostar o telefone e ajustar a sua inclinação conforme necessário.

A fabricante apelida esta capacidade de "FlexForm", destacando-o como uma das funções mais convenientes para trabalho e / ou entretenimento.

O OPPO Find N pesa 275 gramas e chega em 3 cores

Possibilities unfold with the #OPPOFindN: ✅ Full-size external display✅ Industry-first landscape fold-out display✅ Minimal screen crease✅ Seamless integration between external & fold-out display#OPPOINNODAY2021 pic.twitter.com/afwSL1Ii3Q

— OPPO (@oppo) 15 de dezembro de 2021

O novo smartphone dobrável pesa 275 gramas, está disponível em três cores e tem uma espessura máxima de 15,9 milímetros quando fechado. É relativamente mais pesado que o Galaxy Z Fold3, mas mais leve e fino que os Mate X2 e Mix Fold.

OPPO Find N

O departamento ótico do Find N é liderado por uma câmara principal de 50 MP, sensor Sony IMX766 com 1/1,56 polegadas. Temos outro sensor de 16 MP com objetiva ultra grande angular, bem como um terceiro de 13 MP com objetiva telefoto, todos da Sony.

Aliás, temos também dois sensores de 32 MP para mediar as selfies e autoretratos, um no ecrã exterior e outro no ecrã interior do novo smartphone.

O OPPO Find N usa o processador Snapdragon 888 da Qualcomm

OPPO Find N

Infelizmente, por razões de calendário, a OPPO optou pelo processador Snapdragon 888 da Qualcomm e não o mais recente Snapdragon 8 Gen 1 da tecnológica norte-americana. Desse modo, também não usará o seu novo chip MariSilicon X para processamento avançado de imagem.

Temos ainda uma bateria de 4 500 mAh de capacidade com carregamento rápido a 33 W e carregamento sem fios a 15 W. Tem ainda suporte para carregamento sem fios reverso a 10 W, mas não apresenta certificação IP, portanto sem resistência à água.

A memória RAM chega aos 12 GB, com o armazenamento a atingir os 512 GB na versão de topo. Tem ainda um leitor de impressões digitais na lateral alojado no botão de ligar/desligar, além de altifalantes duplos.

O preço começa no equivalente a 1 073 euros na China

OPPO Find N

O OPPO Find N estará disponível na China a partir de 23 de dezembro de 2021, com um PVPR de 1 073 € para a versão de 8 GB + 256 GB e de 1 255 € para a versão de 12 GB + 512 GB (os preços em euros são meramente indicativos, pois o OPPO Find N apenas estará disponível na China).

Comparativamente com o Samsung Galaxy Z Fold3 cujo preço está próximo dos 1 800 euros, o novo OPPO Find N chegará às lojas na China com valor muito mais competitivo. É uma das melhores surpresas, sobretudo com o Xiaomi Mix Fold a custar cerca de 1 500 dólares no seu mercado natal.

Em síntese, a OPPO tem aqui a hipótese de competir lado a lado com a Samsung caso lance este telefone na Europa com os valores supracitados.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.