MEO, NOS e Vodafone Portugal com 5G gratuito até 15 de setembro

Rui Bacelar
Comentar

Terminado o leilão 5G, pautado por atrasos e após meses de controvérsia, as operadoras em Portugal disponibilizaram gratuitamente o acesso às redes 5G até 31 de janeiro numa primeira fase. Em seguida, a MEO, NOS e Vodafone Portugal estenderam a oferta até ao fim do último mês de março.

Todavia, após a DECO Proteste ter denunciado as limitações e cobertura restrita da tecnologia em todo o país face aos custos acrescidos para os utilizadores, as operadoras terão decidido prolongar a oferta até ao final do verão. Segundo avança a publicação SapoTek, o 5G será gratuito até ao dia 15 de setembro.

5G grátis na MEO, NOS e Vodafone Portugal até 15 de setembro

5G Portugal

Esta mesma tese é avançada pelo portal Pplware citando fontes próximas das operadoras nacionais e defendendo a manutenção da gratuitidade do serviço até ao final do verão. Os motivos para tal, contudo, prendem-se com o "falso 5G" atualmente disponível.

Mais concretamente, com a reduzida cobertura da rede móvel de quinta geração, facto salientado pela DECO Proteste no início de fevereiro de 2022. Em simultâneo, as propostas comerciais das operadoras em Portugal carreiam custos acrescidos.

Disponibilidade limitada e custos acrescidos no acesso ao 5G em Portugal

Deco Proteste acusa operadores de cobrar 5G quando "ainda há pouca cobertura" https://t.co/ZwTpA2VKE7 pic.twitter.com/zAw6Tm3CwL

— Dinheiro Vivo (@dinheiro_vivo) 4 de fevereiro de 2022

A propósito, recordamos as declarações da Deco Proteste:
" Os operadores cobram cinco euros por mês (60 euros por ano) pela utilização de 5G, a não ser que os consumidores tenham um tarifário da Vodafone, MEO ou NOS com, pelo menos, 10 GB de Internet

No caso dos tarifários para telemóvel da MEO, são apenas os tarifários pós-pagos os que estão incluídos nesta situação. Os três operadores optaram por cobrar um valor adicional pelo 5G nos tarifários mais utilizados (e mais baratos) - algo que não aconteceu com as tecnologias antecessoras".

Ainda de cordo com António Alves, coordenador de hi-tech da Deco Proteste:
"O 5G está em fase inicial de implementação, com cobertura ainda reduzida, pelo que pouco sentido faz cobrar mais para conceder o acesso à tecnologia.

As medições revelaram que os valores estão ainda longe do que alguns operadores referem nos seus sites (ex: até 10Gbps), sendo que estas indicações de velocidade se referem aos tetos máximos que se perspetivam que o 5G possa atingir no futuro."

Operadoras vão alargar a oferta até ao fim do verão de 2022

NOS

As três operadoras que já disponibilizam o acesso às redes móveis 5G, para tráfego de dados móveis, vão alargar esta "borla" até ao dia 15 de setembro enquanto melhoram a cobertura nacional. Assim, poderemos continuar a usar o 5G sem custos acrescidos.

Vodafone 5G

Atualmente, em Portugal, temos seis operadoras que adquiriram licenças 5G, com a MEO, NOS e Vodafone a dar os passos mais significativos rumo à implementação geral deste padrão.

Todavia, há ainda muito trabalho pela frente, apesar de todas as capitais de distrito já terem cobertura de rede à data de redação deste artigo. Mais ainda para as operadoras Dense Air, NOWO e DIXAROBIL que dão agora os primeiros passos.

MEO

Por outro lado, a generalização dos smartphones com acesso às redes 5G cresce exponencialmente no mercado global como o comprovam os dados da Counterpoint Research. A propósito, no início de 2022 já se vendiam mais smartphones 5G que equipamentos 4G no mercado mundial.

Regista-se assim uma penetração rápida dos novos smartphones 5G, em particular na América do Norte, Europa e China. Ou seja, os consumidores estão mais preparados para usar as redes móveis 5G comparativamente com a chegada do 4G.

Por fim, cabe agora às operadoras cobrir o território nacional com rede estável de quinta geração. Entretanto, poderemos pelo menos usufruir do 5G, sempre que este estiver disponível, sem custos acrescidos.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com