Lojas oficiais da Xiaomi estão a destruir os seus parceiros!

António Guimarães

A Xiaomi adoptou uma estratégia para o seu mercado offline que se extende em 3 formas. Primeiro, providenciar retalhistas com produtos da marca. Segundo, fechar parcerias para abrir lojas parceiras chamadas Mi Preferred Partner que só vendem produtos Xiaomi.

Em terceiro lugar temos a componente mais importante da estratégia de vendas offline: as lojas Mi Home. No entanto, essas ão bastante escassas e existem em apenas algumas cidades do mundo.

iofdsjiosdjo

Assim sendo, a Xiaomi colocou bastante prioridade nas lojas parceiras Mi para lidar com as vendas offline. Infelizmente para essas parceiras, o esquema parece que vai mudar pois a Xiaomi está a colocar lojas oficiais perto das parcerias.

Como seria de esperar, os consumidores preferem ir directamente à loja oficial do que visitar as parceiras. Assim sendo, as lojas Mi Preferred Partner estão a sofrer.

A Xiaomi parece estar a alterar a sua estratégia para eliminar as lojas parceiras

É possível que no início, a Xiaomi tenha utilizado as lojas parceiras para aumentar as suas vendas offline. Nos retalhistas normais existe sempre a competição das outras marcas, então ter uma loja só Xiaomi é uma grande vantagem.

Visto que agora a Xiaomi já está a expandir as suas lojas oficiais e as mesmas possuem um design atraente e uma oferta maior de produtos, pode estar na altura de começar a desfasar as lojas parceiras.

Um dos responsáveis pelas Mi Preferred Partner comentou sobre a situação lamentável. As lojas parceiras ajudaram a Xiaomi a estabelecer-se no mercado mas agora a marca está a 'castigá-los' colocando lojas oficiais perto das suas localizações.

xiaomi

Este tipo de estratégia cria um concorrência dentro da marca desnecessária. No entanto ainda existem mais sinais que a Xiaomi quer acabar com as lojas parceiras. A escassez de produtos por exemplo pois as lojas parceiras não estão a receber stock com a mesma regularidade.

Outra táctica são as diferenças de preços praticadas nas lojas. As lojas oficiais estão a praticar preços mais baixos o que faz com que o consumidor até possa ir buscar informação às Mi Preferred Partner mas acaba por comprar na Mi Home.

Esta é uma táctica bastante lamentável e injusta por parte da Xiaomi. A marca devia valorizar os estabelecimentos que ajudaram a marca a crescer e simplesmente criar uma estratégia de adaptação. Se não precisam de 3 lojas diferentes a vender Xiaomi, que fundam as parceiras com as oficiais.

Editores 4gnews recomendam:

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.