Língua portuguesa chegou finalmente aos carros elétricos da Tesla

Filipe Alves
Comentar

Os carros elétricos da Tesla tem uma enorme vantagem face os concorrentes. O software pode ser facilmente atualizado e melhorar (ou corrigir) consideravelmente a utilização do automóvel.

Desta vez temos uma melhoria considerável para todos os portugueses que querem ver o seu Tesla com a língua de Camões no ecrã. A nova atualização traz melhorias consideráveis ao carro e nossa língua aos teu automóvel.

Tesla é cada vez mais relevante em Portugal

Tesla Model 3

Esta adição não é por acaso. Ainda que Portugal seja um país pequeno quando comparado aos grandes mercados da Tesla, os carros elétricos de Elon Musk ganham cada vez mais espaço nas nossas estradas. Aliás, o Tesla Model 3 é o carro elétrico mais vendido em Portugal neste momento.

@greentheonly here is the 2020.24 note in English pic.twitter.com/4x14LAowqA

— 小特叔叔 (@xiaoteshushu) 18 de junho de 2020

Embora o Model 3 seja o automóvel da marca "mais em conta", não deixa de ter um preço a roçar os 40 mil euros. Porém, não nos podemos esquecer que nos dá muitas características que outros carros (elétricos ou não), simplesmente não conseguem oferecer.

Principais vantagens de um carro elétrico

  • O ambiente agradece com menos emissões de carbono
  • Condução mais silenciosa
  • Bom poder de arranque na maior parte dos casos
  • Potenciais desvantagens de um carro elétrico

  • Poucos locais de carregamento
  • Demora no carregamento
  • Pouca autonomia (na maior parte dos casos)
  • Condução silenciosa pode ser uma desvantagem
  • Troca de bateria (pode ser necessário entre 3 a 10 anos)
  • Preço geralmente mais alto

Ter um carro elétrico em 2020 não é para qualquer carteira ou para qualquer condutor. Os automóveis eletrificados estão cada vez melhores e os postos de carregamento estão a aumentar. Todavia, o preço que se paga por um carro elétrico pode não justificar para quem faz recorrentemente viagens longas.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.