Google Pixel Fold é o próximo dobrável que queremos ver em Portugal

Rui Bacelar
Comentar

O histórico de lançamentos da Google em Portugal é manifestamente escasso, com poucas soluções de hardware a chegar, de modo oficial, ao mercado luso. Porém, com o crescimento em popularidade da gama Samsung Galaxy Z Flip, bem como dos Samsung Galaxy Z Fold, o hipotético lançamento de um Google Pixel Fold seria bem recebido.

A propósito, temos agora novas informações sobre o smartphone dobrável da Google, já com uma possível data de apresentação definida e novos detalhes técnicos conhecidos. De acordo com os novos dados, o Google Pixel Fold pode chegar em março de 2023.

Em março de 2023 podemos conhecer o Google Pixel Fold

Google Pixel Fold

Apelidado internamente de "Felix", este será o primeiro smartphone dobrável da gigante das pesquisas. Numa nota pessoal, considero extremamente provável a sua existência e desenvolvimento enquanto produto físico no seio da Google.

Considero igualmente provável a sua apresentação durante a conferência Google I/O 2023, normalmente a decorrer em maio de cada ano. Porém, os leakers colocam a sua chegada um pouco mais cedo, até ao final do Q1, ou 1.º trimestre de 2023.

Q1

— Ross Young (@DSCCRoss) 6 de outubro de 2022

Mais concretamente, ao ser questionado por Roland Quandt, Ross Young colocou uma resposta simples - Q1. Isto significa que, de acordo com esta fonte, o telemóvel dobrável chegará, o mais tardar, até ao final de março de 2023, o fim do trimestre em questão.

Google Pixel Fold trará uma versão especial do Android, o Android 13L

Google Pixel Fold

Tal como o presente Samsung Galaxy Z Fold4 usa uma versão especial do sistema operativo Android, o Android 12L, otimizado para este formato maior de ecrã, o mesmo sucederá com o Pixel Fold.

Aliás, tal ponto não suscita dúvidas, ou não fosse a própria Google a responsável pelo desenvolvimento do sistema operativo Android.

Ecrã dobrável OLED do Pixel Fold será fabricado pela Samsung

Google Pixel Fold

Numa outra tónica, de acordo com a publicação 91mobiles, a Google utilizará ecrãs OLED fabricados pela Samsung no seu primeiro smartphone dobrável. Tal ponto não traz surpresas, sendo a Samsung a maior fabricante mundial de ecrãs e displays OLED.

Ficamos também a saber que as dimensões do ecrã principal serão de 123 mm x 148 mm de acordo com a fonte supracitada. Em simultâneo, temos também a confirmação do uso de ecrãs com alta taxa de atualização até 120 Hz e alto brilho até 1 200 nits.

Smartphone dobrável manterá câmara principal tripla

Google Pixel Fold

Para além disso, no exterior, o mais ousado dos Google Pixel manterá as câmaras do melhor smartphone para fotografia em 2022.

Ou seja, a câmara do Pixel 7 Pro será transplantada para o smartphone dobrável, mantendo os sensores Sony IMX787 (principal), sensor Sony IMX386 (ultra grande angular). Isto bem como o sensor Samsung S5K3J1 para a câmara com ampliação ótica.

Para além disso, teremos uma câmara fotográfica interna, a perfurar o ecrã AMOLED, com sensor Sony IMX355 para as selfies. Em simultâneo, teremos outra câmara para selfies no topo do ecrã exterior, com o sensor Samsung S5K3J1 a ser aqui empregue.

#Google Pixel Fold (Felix) specsSamsung made displayfolding screen: 1840×2208p120hz high refresh rate23mm x 148mminternal display:brightness:to 1200 nits peakaverage 800 nits IMX787 + IMX386 U-W + S5K3J1 telephotoInner display: IMX355Via https://t.co/TCtKWHt2UD pic.twitter.com/Pls4wmF1yN

— Techy Preacher ᵗᵖ   👽 👨‍💻 👑 (@TechyPreacher) 14 de outubro de 2022

Em suma, este será um smartphone dobrável topo de gama, com uma versão do Android otimizada para o seu grande formato e com algumas das melhores especificações técnicas do mercado.

Por fim, o seu preço é, de momento, uma incógnita, mas escusado será dizer que o mesmo ficará, sempre, acima dos 1000 euros.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com a atualidade tecnológica na 4gnews. Email: ruibacelar@4gnews.pt