Samsung Galaxy S22 FE: a ausência bem explorada pela OPPO e Xiaomi

Rui Bacelar
Comentar

A tecnológica sul-coreana não colocou no mercado uma versão barata do seu topo de gama Galaxy S22. Com efeito, e com o ano a findar, não tivemos um Samsung Galaxy S22 FE, pese embora os seus antecessores diretos tenham sido bem sucedidos.

Por outro lado, marcas como a OPPO com a gama Reno8 e a Xiaomi com os novos Xiaomi 12T, ocuparam confortável e habilmente este nicho de gama alta e gama média / alta. Pode a Samsung perder este nicho de mercado? Dos 600 a 800 euros?

Há cada vez mais "quase" topos de gama, menos da Samsung

Samsung Galaxy S20 FE
O smartphone Samsung Galaxy S20 FE, lançado em 2020.

O Samsung Galaxy S20 FE foi uma experiência bem sucedida, ainda que tenha chegado até nós dividido entre versões 4G e 5G com preços e caraterísticas distintas. Não obstante, o telemóvel era bom, elegante, rápido, bem construído e o preço razoável.

Para a tecnológica sul-coreana foi uma boa oportunidade para fazerem um estudo de caso. Para nós, enquanto entusiastas de tecnologia, foi uma prova de humildade. Mas quem era este produto com traseira plástica e porque era tão competente?

Samsung Galaxy S20 FE
O smartphone Samsung Galaxy S20 FE, lançado em 2020.

A versão - longa e completa - está publicada na nossa análise. Porém, o que importa reter é que este era um bom smartphone, que fazia tudo o que lhe pedia, bem e rápido, sem custar um salário mínimo. Um lobo em pele de cordeiro (amigo da carteira).

O S20 FE original chegou em plena pandemia da COVID-19, perante um mercado mobile em recessão. As vendas minguavam e os clientes agarravam-se aos seus produtos atuais em vez de comprar um novo.

Para tal, o S20 FE apresentava-se adequadamente colocado no mercado, com a dose certa de melhorias para convencer parte do mercado. Mais de um ano depois, tivemos o Galaxy S21 FE, mas tudo aponta para o fim desta gama, sem um S22 FE à vista.

Sucesso que se repetiria com o Samsung Galaxy S21 FE

Samsung Galaxy S21 FE
O Samsung Galaxy S21 FE chegou em janeiro de 2022.

O lançamento do Samsung Galaxy S21 FE foi autenticamente difícil. Após vários rumores do seu cancelamento e descontinuação, o produto arrastou-se. O ano de 2021 terminou, sem o telemóvel ser anunciado, mas...a esperança é sempre a última a morrer.

Tímida e tardiamente, o Samsung Galaxy S21 FE foi finalmente lançado em janeiro de 2022. Um produto que certamente já estaria pronto e que, naquela altura, mais valia colocar no mercado que manter nos armazéns a ganhar pó ou mandar para a reciclagem.

Porém, mais uma vez, o Samsung Galaxy S21 FE mostrou-nos o quão exageradamente pagamos por um flagship. Aqui estava um novo lobo em pele de cordeiro, vestindo uma capa de plástico, mas com imenso poder e qualidade de caraterísticas.

O Samsung Galaxy S21 FE voltou a conquistar numa lição de humildade

Samsung Galaxy S21 FE 5G

Havia, na altura e há desde então, smartphones mais rápidos. Smartphones mais poderosos, mais apetrechados, mais premium, com melhores câmaras e quiçá até melhor bateria. Mas valerá esse acréscimo, tão amiúde tangencial, a diferença de preços?

Dificilmente. Muito dificilmente. Os flagships seduzem o público geral com o seu apelo, mas realisticamente o valor acrescentado dos "verdadeiros" topos de gama só se justifica para uma fração ínfima dos consumidores que, por exemplo, tiram partido da S-Pen.

Quero com isto dizer que havia então um excelente valor nos modelos S20 FE e S21 FE. Veja-se a análise ao modelo S21, já lançado só no início de 2022.

A relação qualidade / preço era excelente e por aquilo que pagávamos, tínhamos mesmo muito em troca. Desafio, aliás, a procurarem alguém insatisfeito com estes dois produtos!

O Samsung Galaxy S21 FE 5G era um telefone rápido e fluído em qualquer tarefa ou jogo. O mesmo tive oportunidade de dizer, mais de um ano antes, sobre o S20 FE 5G (a versão 5G, pois a outra (4G), era manifestamente inferior).

Sem um Samsung Galaxy S22 FE a alternativa são os Xiaomi 12T e OPPO Reno8

OPPO Reno 8 Pro
O OPPO Reno 8 Pro chegou em setembro de 2022.

A Samsung não nos entregou um Samsung Galaxy S22. Não temos, de momento, uma proposta para o segmento de gama média / alta, dos 600 euros até aos 800 euros. Posto isto, temos que olhar para as propostas da concorrência e respetivo mérito.

A mais cara é, de momento, a da OPPO com o elegante e brilhante OPPO Reno 8 Pro - cuja tinta da análise mal secou - mas cujo produto tão bem me serviu como telefone diário. Para quê pagar mais, se aqui temos já uma experiência de luxo?

Note-se, porém, que as propostas da OPPO são tendencialmente mais onerosas que as da demais concorrência. Isto fica mais notório ainda quando comparamos os smartphones OPPO com propostas similares da Xiaomi. E até a Xiaomi está mais cara!

Xiaomi 12T é a melhor compra até 650 euros, mais um pouco e temos o Reno 8 Pro

OPPO Reno 8 Pro

Porém, na análise a ser brevemente publicada, verão o porquê de tanto entusiasmo com a gama Xiaomi 12T. Sobretudo no modelo base a relação qualidade / preço é excelente e não estava à espera de gostar tanto do telefone, do mais barato isto é.

Dando a mão à palmatória, entre o Xiaomi 12T e o Xiaomi 12T Pro olhei de canto para o 1.º, mas quão rapidamente ele me provou ser um incrível telefone, seria perfeito até 500 euros, mas fruto da conjetura atual, 650 euros é ainda um preço competitivo.

Por fim, sem uma proposta decente da Samsung neste segmento de mercado, e até com as novas apostas da Google - vejam os Pixel 6a e mesmo os novos Google Pixel 7. Acredito que o vazio deixado pela Samsung já se encontra perfeitamente ocupado.

Foi bom conhecer a gama FE, dava mais, não por menos, mas por um valor relativamente justo.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@4gnews.pt