Home LifeStyle

Google e CyArk vão preservar o património mundial em Realidade Virtual

A Google quer preservar os principais locais históricos e culturais em 3D para que deles possamos usufruir em Realidade Virtual.

CyArk Pesquisa Google Imagens streaming de jogos serviço Google Pixel Hardware Android
A tecnológica norte-americana juntou-se à CyArk para ajudar a pelo menos preservar a memória do património.
©Dudley Carr, Flickr

A Google, em parceria com a californiana CyArk, uma jovem empresa especializada em digitalizações e scan 3D, sem fins lucrativos, querem preservar a memória dos locais históricos em redor do globo. Para tal vão recorrer á Realidade Virtual (VR) para que toda e qualquer pessoa, pelo menos, relembrar o que o nosso mundo tem de melhor.

Desta forma, graças à parceria entre a Google e a CyArk poderás “visitar” locais históricos que estão em risco de destruição. As causas variam entre desastres naturais ou conflitos humanos, explica o Engadget. A iniciativa chama-se, projecto Open Heritage.

Vê ainda: Xiaomi. Portugal já se rendeu aos encantos da ‘Apple chinesa’

A Google utilizará a CyArk, uma abreviatura de ciber arquivo, para fazer um scan 3D a laser, um mapeamento fiel do envolvente. Desta forma poderão preservar, capturar a essência do local, preservando-a digitalmente. Em seguida, todo e qualquer interessado poderá dela desfrutar bastando para tal ter um headset ou óculos de realidade virtual.

Todos os dados recolhidos pela CyArk serão assim preservados em formato VR, realidade virtual. Poderão também ser consultados / acedidos através de um dispositivo móvel, computador ou os óculos VR, tal como referido acima. Será, para todos os efeitos, uma forma de preservar maravilhas arquitectónicas em perigo.

Google quer preservar o nosso património arqueológico em 3D / Realidade Virtual

Graças à tecnologia moderna, podemos agora capturar estes monumentos em todo o seu detalhe, algo impossível até à data. Podemos preservar cores, texturas e geometrias com o scanner a laser para uma precisão milimétrica em 3D”. Conta Chance Coughenour, arqueólogo digital em declarações ao Engadget. “Estes scans detalhados podem ainda ser utilizados para identificar áreas de intervenção ou que carecem de cuidados acrescidos como o restauro”, acrescenta Coughenour.

Google CyArk Realidade Virtual
Graças à parceria com a Google e à realidade virtual, um pouco do nosso passado e presente pode ser salvaguardado em 3D.

Californiana CyArk é crucial nesta empreitada

A CyArk foi fundada em 2003 com o intuito de arquivar, catalogar e preservar o património cultural mundial. Neste momento já tem preservados mais de 200 monumentos de todos os 7 continentes. No cerne da sua operação estão os scanners a laser, 3D, para além dos drones e câmaras avançadas. O resultado final são representações 3D, fieis de todos os locais catalogados.

Para deles usufruir a empresa utiliza o novo Google Poly 3D para ver o resultado final, parte do programa “Google Arts and Culture”. Fiel à sua ideologia open source ou fonte aberta, a Google e a CyArk vão disponibilizar as informações destes modelos. Desta forma será possível desfrutar de todo este património em Realidade Virtual. Estarão disponíveis para o utilizador final na plataforma Daydream da Google, tanto para iOS como para Android via app para dispositivos móveis.

Em suma, este é um dos mais recentes desenvolvimentos da plataforma / projecto “Google Arts and Culture” e tira proveito da Realidade Virtual. Para muitos, será a única e melhor oportunidade para vislumbrar alguns dos sítios históricos em redor do mundo.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Microsoft já vale mais que a Google graças a Satya Nadella

Samsung Galaxy J2 Pro tem tudo o que precisas, menos ligação à Internet

OnePlus 6 não será o foco da parceria com Avengers da Marvel

Fonte |

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).
Blogs do Ano - Nomeado Inovação e Tecnologia