Google aperta o cerco aos tutoriais de pirataria e IPTV no YouTube

Rui Bacelar
Comentar

A Google submeteu uma disputa de patente junto da WIPO contra o website Youtubeconverter.io. A plataforma em questão facilita o download de música e conteúdos de vídeo a partir do YouTube, algo que coloca prejudica os detentores dos direitos de autor.

A gigante norte-americana também deu a saber ao governo do Reino Unido que reforçará o combate a tutoriais de pirataria, divulgação de listas de IPTV pirata, vídeos que ensinam a fazer crack a programas pagos, bem como outros formatos ilícitos.

YouTube reforçará o combate à pirataria em 2021

YouTube

Para o YouTube, o download de vídeos e conteúdos pode configurar uma violação dos direitos de autor. Isto tendo em conta que esse conteúdo é frequentemente carregado novamente para a sua e outras plataformas, sem a devida autorização para tal.

A plataforma fez saber ao governo do Reino Unido que fortalecerá os meios de remoção rápida e bloqueio de canais dedicados à publicação de conteúdo que ensine a piratear programas; a criar e divulgar listas de IPTV pirata e meios ilegais de streaming.

Tendo em conta que a indústria musical todos os anos aufere milhões de euros em receitas provenientes do YouTube, a plataforma quererá também assegurar a satisfação destes grandes atores. Ora, uma das principais ameaças é a possibilidade de descarregar vídeos do YouTube. Algo tão simples como abrir um dos vários serviços para tal e colocar o link do vídeo desejado.

A plataforma da Google quer erradicar conteúdos "piratas"

De igual modo, também as ferramentas - e tutoriais para as usar - de streaming ilegal de conteúdos são outra das categorias em ascensão no YouTube. Para a plataforma da Google, esta é uma das maiores ameaças a combater com novas medidas.

O YouTube aponta ainda o dedo aos tutoriais e how to's que chegam todos os dias aos seus servidores. As pessoas procuram cada vez mais meios alternativos e frequentemente ilícitos para aceder a conteúdo pago, para uso privado, ou público.

A tendência ter-se-á exacerbado com a pandemia COVID-19, com mais pessoas em casa à procura de entretenimento. Perante esta tendência, o IPTV pirata teve um novo pico de popularidade, chegando também ao YouTube com diversos tutoriais e dicas.

Na prática, se as pessoas querem aprender a descarregar ilegalmente música, não faltam vídeos e guias com milhões de visualizações.

Bloqueios e restrições são algumas das medidas da Google e do YouTube

YouTube

A Google e o YouTube detalharam ao Parlamento britânico um rol de medidas para combater a pirataria. Apesar de ser um autêntico jogo do gato e do rato, a plataforma afirma conseguir bloquear rapidamente os stream-ripers e conteúdo análogo.

"Estamos continuamente a melhorar as nossas políticas de uso, ferramentas, funções e funcionalidades", afirmou o YouTube em relação às novas medidas anti-pirataria a aplicar no Reino Unido e no espaço europeu.

Relativamente aos streams de canais pagos através do YouTube, a plataforma afirma estar em cima deste flagelo. De igual modo, também os tutoriais de IPTV pirata, e recomendações disfarçadas para listas de canais de iPTV estão na mira da Google.

A plataforma cita "melhorias na infraestrutura técnica", no sentido de melhorar a deteção, bloqueio e remoção desses canais. É, como a própria reconhece, um trabalho árduo e em constante renovação, mas promete tomar todas as ações legais.

Com efeito, o YouTube promete recorrer a intimações e outros meios para diminuir a pirataria na sua plataforma de vídeos.

Como descarregar vídeos do YouTube? A nova categoria proibida.

YouTube

Este tipo de plataformas será perseguido pela Google. Esta é uma das medidas já em curso, visando dificultar a apropriação indevida de vídeos alheios. É, contudo, outro esforço hercúleo perante a grande diversidade de plataformas para descarregar vídeos.

O âmago das novas medidas reside no combate aos tutoriais de apologia ou instrução de como ver televisão e canais premium sem pagar. Vídeos que, por exemplo, mostrem como tirar proveito do IPTV pirata, ou que divulguem listas de canais de IPTV.

Do IPTV pirata aos filmes e séries no YouTube

Aos olhos do YouTube esta é uma das maiores pragas na sua plataforma, admitindo-o ao governo britânico. Algo que tem vindo a irritar os grandes players da indústria de música e do entretenimento, também eles colocando pressão na Google.

Em seguida podemos ver algumas das categorias nefastas e identificadas pela Google.

YouTube

Essencialmente tudo o que mostre, ou diga ao utilizador como piratear algo. Como tirar proveito de meios tecnológicos, programas e equipamentos para ganhar acesso indevido a conteúdo protegido por direitos de autor. Isto, claro, sem pagar para tal.

Entre jogos, música, filmes completos e séries no YouTube, aos tutoriais de televisão pirata. A todos eles a Google promete um combate rápido, redobrado e implacável. As medidas já estarão prontas e serão aplicadas no decurso deste ano.

Por fim, caso estejam interessados em consultar as medidas propostas pela Google, podem consultar o documento PDF.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.