Facebook Protect dá 15 dias aos utilizadores para protegerem a conta, já em Portugal

Rui Bacelar
Comentar

O grupo META (ex Facebook) anunciou que está a expandir o programa Facebook Protect, uma iniciativa de segurança concebida para proteger os utilizadores mais vulneráveis a ataques informáticos por parte de hackers.

O programa já contempla Portugal e alguns utilizadores estão a receber um "ultimato" por parte da rede social.

Com efeito, caso tenham recebido o aviso ao abrir a aplicação ou página do Facebook tem a partir de agora 15 dias para ativar a proteção com a autenticação em dois fatores. Caso contrário, a conta de utilizador será bloqueada segundo avisa a própria empresa.

Facebook Protect chega a Portugal e começa a avisar alguns utilizadores

Expanding Facebook Protect To More Countries https://t.co/3XRQ3ctklP

— Meta Newsroom (@MetaNewsroom) 2 de dezembro de 2021

O aviso é simples "Ativa o Facebook Protect até ao dia 18 de dezembro de 2021. Após essa data, vamos bloquear a tua conta de Facebook até o fazeres". Este aviso, sem recurso possível, começou a ser apresentado a alguns editores 4gnews ao longo das últimas horas. Para a empresa há, assim, algumas contas que necessitam de um nível de segurança adicional.

A iniciativa foi detalhada primeiramente pelo grupo Meta, com as pessoas que se podem qualificar para o programa a serem avisadas pelo próprio Facebook. Portanto, se não receberam o aviso até ao momento, não terão que se preocupar, pelo menos para já.

Facebook Protect
Exemplo de aviso a chegar a alguns utilizadores em Portugal.

Dito isto, importa desmistificar o "ultimato". Esta obrigação não será imposta a todos os utilizadores, sendo falsa a premissa que (todos) temos 15 dias para ativar o Facebook Protect ou a conta será bloqueada.

Voltamos a frisar que isto só é válido para quem, efetivamente, recebeu o aviso.

Obrigação de proteção abrange apenas utilizadores selecionados do Facebook

Facebook Protect: a maneira como o Facebook encontrou pra fazer usuários ativando 2FA, massageando ego das pessoas no processo (your account has the potential to reach a lot of people) pic.twitter.com/y9yk8QNW69

— Rafa (100% 💉) (@rafacst) 2 de dezembro de 2021

A proteção consiste na ativação do mecanismo de autenticação em dois fatores (2FA). Para tal, torna-se necessário usar, por exemplo, o número de telefone para receber a chave de autenticação ao iniciar sessão na rede social.

Esta iniciativa, criada em 2018 e aplicada primeiramente durante as eleições norte-americanas de 2020, alcança agora uma maior abrangência. Visa, no seu âmago, proteger contas com maior alcance, tais como as de jornalistas e outros perfis influentes de ataques informáticos / hackers.

Portanto, se receberam este aviso têm efetivamente 15 dias para ativar o Facebook Protect, um procedimento sucinto. Todavia, se não foram avisados, não há razão para preocupação.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com