Facebook afirma que está a ter dificuldades em lidar com o impacto do Coronavírus

Vitor Urbano
Comentar

Não é novidade que a sociedade está a viver momentos complicados com a propagação da pandemia do Coronavírus (COVID-19), com o número de infeções a aumentar exponencial. Como consequência desta pandemia, são cada vez mais os países que estão a implementar medidas drásticas, ordenando quarentena de toda a população.

Com muitos milhões de pessoas a serem obrigadas a ficar em casa (e a trabalhar a partir de casa), os serviços de internet enfrentam cada vez mais dificuldades em conseguir manter os seus serviços estáveis. Agora, o Facebook anunciou que está a ter dificuldade em manter a estabilidade dos seus serviços e que irá precisar de implementar medidas de moderação.

Facebook vai reduzir "qualidade" em algumas das suas funcionalidades

De forma a tentar controlar ao máximo o nível de consumo de tráfego por parte dos milhões de utilizadores, vai temporariamente reduzir as taxas de reprodução de vídeos na aplicação do Facebook e Instagram. Estas medidas serão implementadas primeiramente nos mercados onde a pandemia do COVID-19 está a ter mais impacto.

No comunicado oficial, revelaram que estão preparados para lidar com picos de utilização durante eventos como os Jogos Olímpicos e Passagem de Ano. Mas, estes são eventos pontuais e permitem à empresa preparar-se com bastante tempo de antecedência.

Nesta situação, com a pandemia do COVID-19, não só foram apanhados de surpresa, mas têm observado um volume de tráfego sem precedentes. O Facebook revela que os números de utilização estão a bater recordes a cada dia que passa.

Serviços do Facebook são cruciais para pessoas em quarentena

Ainda que não sejam as únicas aplicações disponíveis para que as pessoas consigam manter-se em contacto durante esta fase de quarentena, as várias aplicações do Facebook são vitais para milhões de utilizadores.

Tanto a aplicação do Facebook, como o Messenger, WhatsApp e Instagram são utilizadas por milhões de pessoas todos os dias, para se manterem em contacto com amigos e familiares.

Estabilidade e bom funcionamento da internet depende de um esforço global de todas as empresas

Com o volume de tráfego a atingir um patamar nunca antes visto (e a aumentar constantemente), são muitos os que temem um "quebrar" da internet. Para que isso não aconteça, é importante que as grandes empresas se unam e façam uma gestão meticulosa dos seus serviços.

Para que isso aconteça, já foram implementadas diversas medidas por parte dos vários serviços de streaming (YouTube, Netflix, Hulu, HBO, Amazon, Disney+, etc.), que limitaram os seus conteúdos a uma resolução de apenas 480p na Europa.

Além disso, foi também revelado que atividades como o download de jogos será limitada, para que não se leve a capacidade da internet além do seu limite.

Editores 4gnews recomendam:

  • WhatsApp quer combater as "fake news". Entende como
  • Instagram vai começar a remover conteúdo sobre o COVID-19 das recomendações
  • Instagram vai permitir visualização de publicações com amigos. Sabe mais
Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.