Elon Musk apresenta o Tesla Bot, um robô humanoide para trabalho e uso geral

Rui Bacelar
Comentar

A Tesla, empresa norte-americana dedicada sobretudo à produção de carros elétricos, bem como painéis e telhados solares, tem agora uma nova criação. Com efeito, este é o novo robô humanoide, apelidado de Tesla Bot, criado para todo o tipo de utilizações.

A empresa de Elon Musk volta a surpreender o mundo nesta sexta-feira (20) ao revelar o novo assistente da humanidade. O robô foi pensado para nos ajudar nos trabalhos mais difíceis, perigosos ou simplesmente aborrecidos como o empilhamento de cargas.

O Tesla Bot foi apresentado pela mão de Elon Musk no AI Day

Elon Musk Tesla Bot
Aspeto geral sugerido por Elon Musk para o seu Tesla Bot

O anúncio foi feito durante o evento AI Day, dedicado à Inteligência Artificial, fazendo subir ao palco um ator com o fato que vemos nas imagens. De acordo com Elon Musk, o robô assumirá as mesmas linhas, ou algo extremamente próximo do que aqui vemos.

Este anúncio mostra-nos também um vislumbro do futuro da Tesla, com a empresa a abranger cada vez mais setores, em particular agora o da robótica. Para Musk, este é o próximo ajudante da humanidade, uma máquina antropomórfica bastante resistente.

Ainda de acordo com o CEO da Tesla, o primeiro protótipo funcional do robô pode introduzido no próximo ano. Aliás, será também em 2022 que a Tesla quer apresentar ao mundo, desta vez formalmente, o modelo funcional do conceito hoje revelado.

O primeiro protótipo funcional do Tesla Bot deve chegar em 2022

Tesla Bot
Aspeto geral sugerido por Elon Musk para o seu Tesla Bot

Por muito empolgante que seja a promessa de vermos um Tesla Bot já em 2022, aconselhamos os leitores a interpretarem estas calendarizações com alguma cautela. Isto tendo em conta o histórico da fabricante norte-americana, já famosa pelos atrasos.

De qualquer modo, este é um dos produtos mais peculiares a serem anunciados pela Tesla, chegue ele ou não na calendarização estipulada pela marca. Há, contudo, outra possibilidade real, a de o Tesla Bot não chegar a ver a luz do dia.

Tome-se, por exemplo, a audaz afirmação de Elon Musk em abril de 2019 quando o executivo afirmou que a Tesla teria cerca de um milhão de "robotaxis" operacionais em 2020. Ora, estamos em 2021 e tal produto, ou conceito, não passa de imaginação.

O Tesla Bot recebeu o nome de código "Optimus"

Tesla Bot
Lista de caraterísticas do novo Tesla Bot.

Tendo recebido internamente o nome de código "Optimus", o robô humanoide é alimentado pelos mesmos chips e sensores que a Tesla usa, por exemplo, nos seus carros elétricos autónomos. Estará, portanto, equipado para navegar autonomamente.

O Tesla Bot tem cerca de 1,77 metros de altura e pode transportar cerca de 20,41 kg. Também consegue levantar cargas de até 68 kg e deslocar-se com uma velocidade máxima de 8,05 km/h. Esta é a súmula das suas caraterísticas técnicas mais relevantes.

Ao mesmo tempo, a Tesla apresenta o seu Bot como "Feito para humanos, por humanos". Além disso, classifica-o como "amigável" e capaz de eliminar as tarefas perigosas, repetitivas, ou simplesmente aborrecidas.

Criado para tratar das tarefas perigosas, repetitivas ou aborrecidas

Tesla Bot
Principais destaques técnicos do Telsa Bot.

Elon Musk acredita que a sua empresa pode vir a mudar a economia mundial ao reduzir os custos do trabalho manual. Para tal, o Tesla Bot e equipamentos similares serão instrumentais ao poderem fazer tarefas repetitivas que apenas os humanos conseguem fazer atualmente. Todavia, Musk avisou que, provavelmente, o seu robô não conseguiria fazer desde logo esse trabalho.

Ainda assim, a popularidade dos robôs continua a aumentar graças aos avanços da engenharia e tecnologia. Ainda recentemente a fabricante chinesa Xiaomi apresentou o seu CyberDog, um robô quadrúpede inspirado na forma de um cão.

Fê-lo para criar uma plataforma de demonstração, equipada com o computador Jetson Xavier NX AI Supercomputer da NDVIDA, bem como 128 GB de armazenamento SSD de alto nível.

Em síntese, vemos no Tesla Bot um vislumbre do futuro com a possibilidade de alterar o cenário laboral na economia global. É, no entanto, apenas uma promessa em meados de 2021. Teremos que esperar para ver se Musk consegue realizar este "sonho".

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.