CTT leva consumidores ao desespero com 500 mil encomendas em atraso

Rui Bacelar
Comentar

A todos os consumidores que tiverem encomendas em atraso ao cuidado do serviço CTT fica o aviso, não são os únicos nesta situação melindrosa. Há um total que ascende às 500 mil encomendas em atraso nos armazéns, segundo fonte nacional.

Perante um aumento do volume de encomendas recebidas, informa a peça do Expresso, os CTT não estão a dar resposta a este influxo de trabalho. O resultado? O acumular de quantidades consideráveis de envelopes, caixas e demais encomendas.

Mais de meio milhão de encomendas estão atrasadas nos armazéns dos CTT

Encomendas CTT

Ainda que a empresa de correios não tenha revelado quaisquer dados sobre as queixas dos particulares, empresas e demais afetados pelos atrasos, aponta o Jornal de Negócios, o volume de encomendas ainda à espera de expedição estará a aumentar.

Trata-se de um volume inaudito de volumes que continuam por chegar ao destino. Mais ainda, a capacidade logística da empresa estará ultrapassada, com a CTT a ter que recorrer a outros armazéns para armazenar os volumes à espera de tratamento.

A culpa deste acumular de encomendas? As novas regras que entraram em vigor a 1 de julho que obrigam à cobrança de IVA sobre todas as encomendas extracomunitárias. Isto resultou numa quantidade muito superior de encomendas a carecerem de processamento.

Todas as encomendas extracomunitárias são tratadas pelos CTT

Segundo avança a fonte supracitada, os CTT não forneceram dados sobre queixas dos consumidores. Quando inquiridos sobre as frustrações e problemas que este atraso no tratamento das encomendas extracomunitárias e empresa recusou fornecer informações.

Por outro lado, a empresa referiu que entre o dia 1 de julho e 21 de setembro, "trataram" 450 mil pacotes provenientes de um país extracomunitário. Em síntese, um volume menor do que aquele que têm ainda em mãos nos seus armazéns.

Para o consumidor, resta, por fim, ser paciente e contar com um maior tempo de espera. Aos demais, a opção de compra em espaço económico europeu acaba por ser ainda mais aconselhável face ao exposto.

Antes de ires, vê como rastrear encomendas internacionais, são várias apps e serviços úteis para esse propósito.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.