CEO do Twitter vai doar 30% da sua fortuna para o combate à pandemia do COVID-19

Vitor Urbano
Comentar

Jack Dorsey, co-fundador do Twitter, anunciou que vai doar mil milhões de dólares (€921,640,000) para ajudar diversas instituições a combater a crise criada pela pandemia do COVID-19. Após esta fase negra que atravessamos, os fundos serão depois utilizados para financiar cuidados de saúde e educação de

Sempre que a sociedade atravessa momentos mais complicados, seja a nível global ou limitado a uma única região, vemos muitas personalidades realizar donativos vistosos. No entanto, os grandes números acabam por não ser assim tão vistosos quando comparados com o total da sua fortuna.

I’m moving $1B of my Square equity (~28% of my wealth) to #startsmall LLC to fund global COVID-19 relief. After we disarm this pandemic, the focus will shift to girl’s health and education, and UBI. It will operate transparently, all flows tracked here: https://t.co/hVkUczDQmz

— jack (@jack) 7 de abril de 2020

Por exemplo, o homem mais rico do mundo — CEO da Amazon, Jeff Bezos — confirmou que iria realizar um donativo de 100 milhões de dólares para a instituição Feeding America. Ainda que seja um número vistoso, corresponde a 0,1% da sua fortuna.

Jack Dorsey deveria servir de exemplo para tantos outros multi-milionários

Através da sua conta oficial no Twitter, Dorsey explicou alguns dos motivos que levaram a esta decisão e também como irá realizar todo o processo. Numa das suas publicações, limitou-se a dizer "a vida é demasiado curta. Por isso vamos fazer tudo o que pudemos para ajudar pessoas agora."

Basicamente, Dorsey vai transferir ações da sua empresa Square para a StartSmall LLC ao longo dos próximos dias/semanas. Certo de que seria questionado imediatamente sobre o porquê de escolher ações da Square e não do Twitter, disse que o motivo era muito simples, "tenho muito mais ações na Square".

Jack Dorsey Twitter Donativo

Caso estejas interessado em acompanhar o processo da transação dos fundos, podes aceder ao documento Google Doc partilhado por Dorsey, onde serão documentadas todas as transações de ações e investimento de dinheiro em diversas entidades de suporte.

Jack Dorsey afirmou ainda que gostava de ver a sua decisão influenciar outros que tenham as mesmas possibilidades. Certamente que, se a maioria dos multi-milionários deste mundo decidissem seguir o exemplo de Dorsey, seria muito mais fácil lidar com todos os problemas causados pela pandemia do COVID-19 (e não só!).

Editores 4gnews recomendam:

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.