Android 13: eis as primeiras funcionalidades do novo sistema operativo da Google

Carlos Oliveira
Comentar

Embora muitos smartphones ainda não tenham recebido a atualização para o Android 12, a Google já está a trabalhar no seu sucessor. O Android 13 só deverá ser desvendado em maio de 2022, porém, já sabemos algumas das novidades que o mesmo trará.

Foi graças à fuga de uma compilação de testes do Android 13 que se ficaram a saber as primeiras novidades. O fórum XDA Developers obteve essa compilação de testes e explica-nos o que de novo será implementado neste sistema operativo.

Android 13 trará idiomas distintos para aplicações distintas

Uma das primeiras novidades que se esperam do Android 13 é a possibilidade de definir idiomas específicos para cada aplicação. Ou seja, ao invés de todas as apps usarem o idioma definido ao nível do sistema, cada aplicação poderá usar um idioma diferente.

Esta funcionalidade poderá se encontrada na secção "Idioma e introdução" nas Definições do smartphone. Aí passará a existir a opção "Idioma da aplicação" onde o utilizador poderá atribuir um idioma específico para cada aplicação.

Importa notar que esta funcionalidade só abrangerá idiomas suportados nas aplicações escolhidas. Isto significa que o Android 13 não fará uma tradução das aplicações instaladas para o idioma que o utilizador desejar.

Permissões para notificações

Outra das novidades implementadas com o Android 13 serão as permissões para notificações. Uma opção em muito semelhante ao que já existe para a câmara, microfone e outras situações.

Simplificando o conceito, o utilizador poderá permitir ou barrar o acesso a uma aplicação para o envio de notificações. Será uma forma de gerir o volume de notificações recebidas no smartphone, sobretudo por aqueles que têm bastante apps instaladas.

Segundo aquilo que se sabe, o sistema não poderá impor tais restrições a aplicações que correm já no Android 12. Porém, aplicações instaladas no Android 13 serão obrigadas a oferecer esta opção.

Novo comportamento do relógio no ecrã de bloqueio

O ecrã de bloqueio do Android 13 também será alvo de algumas alterações. Em rigor, haverá uma nova disposição do relógio assim que recebas notificações novas.

Atualmente, o relógio é reposicionado no canto superior esquerdo para abrir espaço para as notificações que recebes. Visto que nem todos estão confortáveis com essa abordagem, a Google vai modificar as coisas.

Com o Android 13, o relógio passará a ser mostrada em "linha dupla". Isto significa que as horas continuarão a aparecer no centro do ecrã, com as novas notificações imediatamente abaixo.

Créditos para a utilização de recursos da bateria

Uma das novidades mais interessantes será o novo sistema de gestão do consumo de bateria do smartphone. No Android 13 será implementado um sistema de créditos para aplicações, para já conhecido como TARE.

Estes créditos serão atribuídos pela Google às aplicações em função dos recursos energéticos que estas consomem. Quantos mais créditos uma aplicação receber, mais liberdade terá para correr em segundo plano.

O objetivo deste sistema é otimizar o consumo de energia dos smartphones Android e premiar as apps menos gananciosas por recursos energéticos. Para já, esta opção surge apenas nas Opções de Programador, logo muitos poderão não dar conta a sua presença.

Por fim, importa notar que estas novidades constam numa compilação muito precoce do Android 13. Não é garantido que todas cheguem à versão final do sistema operativo ou que se comportem exatamente como as conhecemos hoje.

Editores 4gnews recomendam:

  • Xiaomi 12 Pro oferecerá velocidades de carregamento impressionantes
  • Surpresa: está a caminho mais um smartphone dobrável inesperado
  • Samsung obrigada a adiar o lançamento deste smartphone de topo
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.