"A morte do Galaxy" : Nunca ficarás tão satisfeito ao ver um Galaxy S7 a ser destruído

Rui Bacelar

Galaxy S7

Este vídeo contém cenas de pura destruição que, apesar de roçarem a pura estupidez, conseguem ser bastante cativantes. Temos aqui uma prensa hidráulica que transforma um pobre Samsung Galaxy S7 numa mera panqueca de vidro, metal e um líquido viscoso e preto. Um espectáculo deprimente.

O Samsung Galaxy S7 em questão, está "mascarado" com uma skin de fibra de carbono e, neste vídeo intitulado de " A morte do Galaxy", podemos ver o desgraçado smartphone a ser comprimido com uma forca de 4921 toneladas por metro quadrado, mais coisa menos coisa (7000psi).
Com toda esta pressão, o Samsung Galaxy S7 não tem qualquer hipótese de sobrevivência e acaba por morrer com um espectáculo de fumo, fogo, faíscas e com o derrame de um líquido viscoso e preto, o sangue do defunto. Em suma, é um vídeo palerma mas que nos prende ao ecrã!

Talvez queiras ver:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.