5 cuidados com as compras online durante a Black Friday e Cyber Monday

Rui Bacelar
Comentar

A Cyber Monday surgiu em 2005 como uma continuação do longo fim de semana de compras que começou na Black Friday. Com efeito, a Black Friday, foi inicialmente destinada a vendas e compras em lojas físicas. Já a "Cyber Monday" para a mesma, mas para lojas online e plataformas de comércio eletrónico.

De acordo com um novo relatório da Adobe Analytics, estima que a "Cyber Monday" nos EUA continue a ser o maior dia de compras do ano. Na prática, provocando um gasto impressionante de 11,2 mil milhões de dólares nos EUA, um aumento de 5,1% em relação ao mesmo período do ano passado. Isto contra apenas 1% de crescimento das vendas da Black Friday.

Cyber Monday é um dos maiores eventos de compras online

Cyber Monday

Atualmente ambas as datas são praticamente as mesmas e não têm diferenciação. Isto não só em termos de compras e números, mas também nos ciberataques que recebem e que estão relacionados com estes dias de 'compras'.

Assim, com a resolução dos problemas na cadeia de fornecimento do ano passado, espera-se que as vendas e a participação na Cyber Monday aumentem exponencialmente à medida que os compradores se reúnem online para procurar negócios.

Nesse sentido, temos as lojas de retalho online já começaram a fazer publicidade para os negócios da Cyber Monday. Fazem-no semanas antes do dia real de 28 de novembro.

O relatório da Webloyalty Black Friday 2022 mostra que este ano tanto as compras como os gastos em ambos os dias irão aumentar. Um aumento de 11% nas vendas e um gasto médio de 155 euros (5% mais do que em 2021). Ou seja, uma grande oportunidade para os ciber criminosos.

5 dicas para comprar online em segurança durante a Black Friday e Cyber Monday

  1. Comprar sempre de uma origem fidedigna. O ideal é procurar o link no motor de busca que utilizamos na loja onde queremos comprar o produto. Clicar num link enviado a potenciais compradores por e-mail sem saber a sua origem pode ser potencialmente perigoso.
  2. Estar atento a domínios semelhantes. É muito importante prestar atenção aos links e domínios das páginas web que introduzimos. Os erros de ortografia ou nomes mal escritos constituem um sinal de que as páginas aparentam ser iguais aos originais. Páginas que foram criadas para tentar atacar os utilizadores que entram.
  3. As ofertas que parecem demasiado boas para serem verdadeiras. Estas serão, de facto, sempre demasiado boas para serem verdadeiras: verificar diversos sites para ver se a oferta é real ou não. Um desconto invulgar sobre um produto altamente procurado poderia ser um indicador claro de que se trata de um esquema.
  4. Procurar sempre o cadeado. Os sites que têm o HTTPS em vez do HHTP são os sites seguros e autênticos. Além disso, eles terão um cadeado à sua frente para os distinguir dos outros. Só devemos entrar nestes, pois são os que cumprem as normas internacionais de segurança.
  5. Ter soluções de segurança para os endpoints. Também deve ter tais soluções de segurança para o seu correio eletrónico. Com esta medida muitos ciberataques e fugas de informação podem ser evitados.

A propósito, tendo como exemplo os dados mais recentes da Check Point Software referentes ao Amazon Prime Day verificamos como aumentou considerável. O crescimento verificou-se tanto em número de páginas relacionadas com o termo "amazon" como com ataques de phishing usando esta empresa como um pretexto.

Foram criadas quase 1.900 páginas Web relacionadas com a Amazon e 10% delas eram fraudulentas. Sem ir mais longe, no ano passado, nos dias que antecederam a Black Friday, registou-se um aumento de 178% nas lojas Web fraudulentas a nível mundial.

Em suma, estejam sempre atentos aos e-mails de reposição de senha: especialmente quando o volume de tráfego online está no seu auge, como por exemplo na Cyber Monday.

Portanto, se receberem um e-mail de reposição de palavra-passe não solicitado, visite sempre diretamente o website (não cliquem nos links) e alterem a sua palavra-passe.

❤️this tweet if you love online shopping 👍 @_CPResearch_ found that #phishing scams, fake domains and #malware attacks increase during this time of year. Get insights to stay secure on #cybermonday, here: https://t.co/ltoN33l3yk#blackfriday #cybersecurity pic.twitter.com/Y7ApiqfS5l

— Check Point Software (@CheckPointSW) 18 de novembro de 2022

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com a atualidade tecnológica na 4gnews. Email: ruibacelar@4gnews.pt