Xiaomi Redmi K50 e K50 Pro são oficiais e não desiludem nas especificações

Mónica Marques
Comentar

Foi também hoje que a Xiaomi apresentou os novos modelo Redmi K50 e K50 Pro que chegam com especificações muito apetecíveis.

Trazem consigo os novos processadores Dimensity 9000 e 8100 da MediaTek e uma mão-cheia de tecnologia inovadora no ecrã AMOLED que se destaca pela positiva.

Série Redmi K50 equipada com os novos processadores da MediaTek

Redmi K50
O novo Redmi K50 está equipado com o processador Dimensity 8100 da MediaTek

Foram hoje conhecidos os novos modelos Redmi K50 e K50 Pro que vêm juntar-se ao anteriormente apresentado Redmi K50 Gaming Edition. E a apresentação oficial confirmou as boas notícias que já se antecipavam sobre os dois terminais.

Para começar, desde logo, nos processadores integrados. O K50 tem aos comandos o novo Dimensity 8100 que obteve uma pontuação de 850.000 na plataforma AnTuTu. O chip está emparelhado com 8 GB ou 12 GB de memória RAM e 128 Gb ou 256 GB de armazenamento interno.

Já o Redmi K50 Pro conta com o chip Dimensity 9000, também da MediaTek, e com uma memória RAM de 8 ou 12 GB. No caso deste terminal, as opções de armazenamento interno disponíveis são 128, 256 e 512 GB.

Mas ambos os modelos contam com um sistema avançado de refrigeração, de forma a garantir que os processadores têm o melhor desempenho possível. Tanto o K50 como o K50 Pro contam com um sistema 3D de dissipação de calor, assim como vários materiais (grafite, pasta térmica, entre outros) que evitam que os terminais registem temperaturas elevadas.

Ecrã dos novos Redmi K50 e K50 Pro destaca-se pela tecnologia integrada

Redmi K50 Pro
Tanto o Redmi K50 como o K50 Pro fornecem suporte para estabilização de imagem no seu sensor principal

Mas o grande destaque vai para o ecrã AMOLED de 6,6 polegadas que ambos os terminais integram. A resolução é 2K (ou 3200x1440 pixéis) e a taxa de atualização de 120 Hz, além dos 1200 nits no brilho.

Depois há a integração da tecnologia Dolby Vision, AI HDR, escurecimento DC completo, ajuste automático de brilho de 16.000 níveis e até um sensor de cor que faz ajustes consoante a temperatura ambiente. Destaque ainda para a proteção Corning Gorilla Victus que, de acordo com a marca, é 1,5x melhor que o Corning Gorilla Glass 5.

Já na parte ótica, os dois terminais contam com uma configuração de câmara traseira tripla, mas com uma diferença. O K50 Pro integra um sensor primário de 108 megapixéis enquanto que o K50 está equipado com um sensor principal de 48 megapixéis de resolução, mas ambos oferecem estabilização ótica de imagem.

De resto, contam com os mesmos sensores ultrawide de oito megapixéis e macro de dois megapixéis de resolução. Ambos têm também uma câmara frontal de 20 megapixéis para videochamadas e selfies.

Por fim, distinguem-se também noutro ponto. O Redmi K50 Pro conta com uma bateria de 5.000 mAh com carregamento rápido de 120 watts que coloca a bateria a 100% em apenas 19 minutos. Já o K50 conta com uma bateria maior de 5.500 mAh com suporte para carregamento rápido de 67 watts.

Para já, estão apenas disponíveis no mercado chinês com preços a partir de aproximadamente 340 euros. Sobre a sua disponibilidade global, não existe ainda informação, mas é possível que cheguem à Europa como modelo POCO.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.