Xiaomi Mi Pad 5 apanhado a correr o Windows 11 ao invés do Android

Carlos Oliveira
Comentar

O Xiaomi Mi Pad 5 é a última proposta no mundo dos tablets da tecnológica chinesa. Apresentado no verão passado, este tablet foi lançado com sistema operativo Android, mascarado pela habitual MIUI.

No entanto, mais um aficionado decidiu explorar o potencial deste produto para correr o Windows 11. O desafio foi bem-sucedido, como comprova a passagem deste produto pela plataforma Geekbench.

Xiaomi Mi Pad 5 com Windows 11 surge na Geekbench

Importa clarificar que esta não é a primeira vez que vemos um Xiaomi Mi Pad 5 a correr o sistema operativo da Microsoft. Todavia, esta revela-se ainda mais bem sucedida com a passagem do tablet pela plataforma Geekbench.

XiaomI Mi Pad 5 Windows

Aí, o Xiaomi Mi Pad 5 mostra-se com o Windows 11 ARM e amealhou 465 pontos em single-core e 1992 pontos em multi-core. Resultados que, ainda assim, ficam aquém do potencial deste equipamento com o Android como sistema operativo.

Esse dado atesta que este equipamento foi concebido para correr o Android e é com esse software que atinge todo o seu potencial. Ainda assim, os mais aventureiros gostarão de saber que é possível instalar com sucesso o Windows 11 neste tablet.

Xiaomi Mi Pad 5 Windows

Este objetivo foi possível graças ao projeto Windows em ARM, criado para instalar novas versões do Windows em smartphones Lumia mais antigos. Tudo porque a Microsoft abandonou o Windows Phone há alguns anos.

O autor desta aventura esclarece que, ainda assim, é confrontado com algumas limitações. Ele dá a conhecer a existência de limitações em alguns plugins e que a gráfica do Mi Pad 5 não atinge o seu potencial devido à falta de drivers.

Em suma, comprova-se uma vez mais que o Xiaomi Mi Pad 5 consegue correr o Windows 11 com o seu atual hardware. Todavia, ele não foi concebido para tal e é com o Android que o mesmo deve ser utilizado pelo utilizador comum.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.