Xiaomi Mi Mix 4: Será que sairá este ano? Temos boas notícias para ti!

Filipe Alves
Comentar

Ao que parece a Xiaomi lançará o Xiaomi Mi Mix 4 ainda este ano. Os rumores não eram favoráveis, porém, uma mudança nos cargos da empresa parece ter mudado de ideias.

De acordo com o website "MyDrivers", que já se revelou correto no passado, o Xiaomi Mi Mix 4 será lançado este ano. Isto porque o mais recente VP de produto da Xiaomi, Yang Zhe, acredita que é uma boa adição ao portefólio da marca.

O que esperar do Xiaomi Mi Mix 4

  • Ecrã de 120Hz
  • Carregamento sem fios de 40W
  • 16GB de memória RAM
  • Ecrã sem buracos ou notches
  • Smartphone topo de gama
  • Design irreverente

Há quem acredite que o atraso do Xiaomi Mi Mix 4 tem relacionamento direto com a impossibilidade de implementar uma câmara frontal dentro do ecrã. Isto é, sem notches, buracos ou pop-ups.

Não é segredo que a Xiaomi está a trabalhar nesta funcionalidade e também não é segredo que os fabricantes de smartphones estão a ter sérias dificuldades de implementação da tecnologia. Pelo menos para nos dar uma câmara frontal com qualidade de imagem.

Gama "Mi Mix" da Xiaomi vai dar muito que falar

No ano passado, um executivo da Xiaomi referiu que o Xiaomi Mi Mix Alpha, seria o único "Mix" da empresa. Contudo, a Xiaomi está com dificuldades em lançar esse Mi Mix Alpha para o mercado.

Aliás, o terminal que foi revelado já não tem as melhores especificações do momento. Além disso, é um terminal que custa cerca de 2400€. Um preço que não é propriamente amigável a todas as carteiras.

Editores 4gnews recomendam:

  • Xiaomi Mi Band 5: todas as imagens da nova smartband desvendadas!
  • Xiaomi faz concorrência ao IKEA com novas cortinas inteligentes!
  • Google Chrome vai receber funcionalidade que te vai poupar muito tempo!
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.