Xiaomi Mi 8. O que mudará com a sua chegada ao nosso mercado?

Rui Bacelar

Google Pixel 2 e Apple iPhone X Xiaomi Mi 8 Android Oreo Google MIUI 10 9 PortugalApresentado no dia 31 de maio de 2018 o Xiaomi Mi 8 é o novo smartphone topo de gama com a plataforma Android Oreo da Google e a MIUI 10 da própria marca. Agora, o terminal já está a chegar a novos mercados para além da China, o seu país natal. Em agosto chega a Portugal.

Após as primeiras vendas relâmpago deste novo flagship (topo de gama), ficamos recentemente a saber que chegará em agosto a Portugal. Entretanto este mesmo terminal já se encontra disponível na França e na Rússia dois novos bastiões da marca chinesa.

Vê ainda: Xiaomi apresenta a Himo, a bicicleta elétrica low-cost

As declarações foram feitas por um moderador de "nível alto" no fórum oficial da fabricante Android. Aqui, sem grande pompa ou circunstância, vemos por fim o novo topo de gama a espalhar-se pelas principais artérias comerciais da Europa a pouco e pouco.

Coloca-se assim uma pungente questão. A que preço chegará este Xiaomi Mi 8 e como reagirão as demais fabricantes Android à sua chegada? A Apple, essa para já não precisa de se preocupar com mais uma fabricante Android.

O novo Xiaomi Mi 8 chega em agosto a Portugal

A pressão será sentida principalmente pela LG, Sony e demais fabricantes outrora com quotas de mercado confortáveis. Será também uma dura rival para jovens aspirantes como a madrilena BQ ou a francesa Wiko. Será de igual forma uma ameaça iminente para a líder de mercado, Samsung que já foi derrubada pela Xiaomi em mercados chave como a Índia.Xiaomi Mi 8 Explorer Edition SE Portugal Android

Com efeito, depois da sua campanha de conquista na Ásia, dominando atualmente o 2º maior mercado mundial de smartphones, a Xiaomi é a 4º maior força na China. Tudo isto de acordo com os mais recentes relatórios de várias agências de análise de mercado como a Conterpoint Research, IDC, Canalys, entre outras.

Existem motivos de preocupação para as demais fabricantes Android?

A resposta sucinta é sim. Motivos para pelo menos manter um olhar atento ao comportamento da fabricante Android que agora começa a dar os primeiros passos em Portugal. Para já está tudo em aberto...

Neste momento a fabricante Android liderada por Lei Jun já é a 4ª maior forma em todo o mercado europeu. Mais concretamente, olhando para o país vizinho, em Espanha a Xiaomi já rivaliza com a Huawei, sendo aí a 3ª maior fabricante.

A Xiaomi já domina mercados importantes como a Índia

Depois de recentemente ter ultrapassado a BQ no seu próprio mercado natal, a Xiaomi foi muito bem recebida em Espanha. Em Portugal ainda não dispomos de dados suficientes para avaliar a performance da Xiaomi, sendo que atualmente o mercado é dominado pela Huawei e Samsung.

Teremos que esperar pelo próximo relatório das agências de análise de mercado com particular incidência sobre Portugal. Todavia, acredito que no nosso mercado a Xiaomi demore um pouco mais a implementar-se junto das demais fabricantes.Portugal Xiaomi Mi 8 Android Oreo Google

Apesar do núcleo crescente de fãs em Portugal, um smartphone Android é sinónimo de Samsung e de Huawei. Pelo menos para já e pelo menos a médio / longo prazo tendo em conta a crescente influência e brand awareness das atuais líderes.

Samsung e Huawei são as atuais líderes em Portugal

Já a favor da Xiaomi temos o número crescente de smartphones com ótima relação custo-benefício a chegar ao mercado nacional. Ainda assim, a importância do marketing, da influência das redes sociais e respetivos influenciadores digitais não pode ser substimada.

É expectável que com o aumento da popularidade da Xiaomi aumente também o investimento no marketing das rivais Android. Algo que passará cada vez mais pelas redes sociais, pelo lifestyle e divulgação na rede.

Preço será o fator decisivo para o sucesso do Xiaomi Mi 8 em Portugal

Portugal pode tornar-se num mercado algo elitista e caso atuais líderes do mercado Android saibam jogar bem os seus trunfos, a Xiaomi pode ser relegada para marca "branca".

Já por outro lado, bastaria à fabricante chinesa apostar um pouco no marketing em Portugal. Numa primeira fase para desmistificar o nome e produtos da marca. Numa segunda, já para dar a conhecer tudo aquilo que um Xiaomi pode fazer por ti.

Em 2018 o Xiaomi Mi 8 chegará finalmente a esta ocidental praia lusitana. Contudo, não lhe antevejo um enorme sucesso, pelo menos não comparável com os seus produtos de gama baixa.

Xiaomi Mi 8 será uma venda difícil em Portugal

Note-se que ainda hoje chegou o Xiaomi Redmi S2 a Portugal e esse sim, acredito que faça furor. Chegou também o novo topo de gama (apresentado em março), o Xiaomi Mi MIX 2S, uma nova coqueluche para os fãs mais fãs da marca.Portugal Xiaomi Mi 8 Explorer Edition SE

Pelo menos num primeiro momento em Portugal. Aqui tendo em conta que a Xiaomi já conta com produtos a serem distribuídos pelas operadoras. Para já o seu sucesso será ditado pelos gama baixa. Não que isso seja algo repreensível, aliás esta tem sido a estratégia de sucesso da empresa.

Segmento de entrada é crucial para a Xiaomi em Portugal

Começar por baixo, distribuindo grandes quantidades dos seus produtos mais económicos. Dispositivos Android que causam uma boa primeira impressão nos consumidores. Algo que os estimulam a experimentar terminais mais premium da mesma marca.

Neste momento a fabricante Android precisa de se dar a conhecer em Portugal. Apesar de já não ser um nome exótico como outrora. Para já o respeito e divulgação da marca e do nome ainda deixam muito a desejar. Esperemos que o Xiaomi Mi 8 chegue para mudar este paradigma.

Isto claro, é apenas uma opinião. Aguardamos agora pelos próximos relatórios das agências de mercado para aferir o comportamento desta promissora fabricante Android.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Xiaomi apresenta a Himo, a bicicleta elétrica low-cost

PUBG Mobile: Nova atualização traz novidades em Android e iOS

Microsoft: Surface Andromeda terá algo em comum com Android e iOS

Fonte| via

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).