Xiaomi apresenta o seu novo compressor portátil com preço acessível

Bruno Coelho
Comentar

Um dos produtos de maior sucesso e mais recomendáveis da Xiaomi é o Mi Portable Air Pump. O compressor portátil da fabricante chinesa dá aos consumidores a possibilidade de encherem pneus de carros, motos, bicicletas ou até a sua bola de futebol em pouco tempo e em qualquer situação ou lugar.

Melhorando esse produto, a Xiaomi apresentou esta semana o Mi Portable Air Pump 1S. Esta nova versão do compressor portátil promete maior durabilidade, mas, mais importante, vai encher os pneus mais rápido.

Mi Portable Air Pump 1S

O novo produto chega com o mesmo tamanho de 124x71x45,3 mm, ecrã LED e capacidade para 150 psi e 10,3 bar. No entanto, está mais funcional e poderoso. Promete melhor estabilidade a alta pressão, podendo atingir mais rapidamente os 150 psi.

Graças ao novo processador no seu interior, pode detetar a pressão de pneus com diferença de apenas 1 psi. A luz LED que tem no topo, torna-o facilmente utilizável em situações de pouca luz.

Mi Portable Air Pump 1S

Mi Portable Air Pump 1S tem bateria de 2000mAh e agora carrega via USB-C

Conta com uma bateria de 2000mAh, que promete autonomia similar ao seu antecessor. Dessa forma, podes esperar que consiga encher oito pneus de carro sem que fiques sem carga. E quando tal acontecer, agora este novo modelo pode ser carregado via USB-C.

Mi Portable Air Pump 1S

É bom referir que este conta com cinco modos, fazendo com que a pressão possa ser adequada ao que pretendes encher (ex. bicicleta). O melhor de tudo é que este mantém, pelo menos na China, o preço do seu antecessor.

Foi apresentado no país de origem por 199 iuanes, equivalentes a 26 €. Por enquanto foi apresentado apenas na China, mas em breve esperamos poder encontrá-lo nos mercados globais por um valor ligeiramente superior.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.