Twitter remove localização precisa nos tweets

Bruno Coelho
Comentar

O Twitter vai remover a partilha de localização precisa nos tweets. Num comunicado da sua página de suporte é revelado que a medida acontece pela falta de adesão dos utilizadores.

Com esta medida, a rede social pretende “simplificar” a experiência dos seus utilizadores. A exceção a esta regra serão os tweets em que seja usada a câmara da rede social. Nesse caso, os utilizadores poderão continuar a partilhar a localização.

Most people don't tag their precise location in Tweets, so we're removing this ability to simplify your Tweeting experience. You'll still be able to tag your precise location in Tweets through our updated camera. It's helpful when sharing on-the-ground moments.

— Twitter Support (@TwitterSupport) 18 de junho de 2019

O Twitter vai continuar a pedir a tua localização precisa, de forma a que te continue a mostrar conteúdo local – sejam anúncios ou recomendações. Na prática, o Twitter acede na mesma à tua localização (se o permitires), mas não a poderás partilhar com os outros utilizadores.

A funcionalidade partilha as coordenadas exatas do utilizador (caso este o permita)

Como utilizador do Twitter há 10 anos, esta é uma medida francamente positiva. Partilhar que te encontras em Lisboa ou no Alive é uma coisa. O que é esta funcionalidade faz é partilha as tuas coordenadas exatas.

Tendo em conta a noção do que se trata, a maioria dos utilizadores não aceita partilhar as suas localizações precisas. Esta é uma ótima medida da rede social no que toca a privacidade. À data de escrita deste artigo, a funcionalidade ainda se encontra ativa.

twitter localização precisa

Esta é uma opção na rede social introduzida em 2009. No entanto, só em 2015 o Twitter passou a pedir permissão aos utilizadores para a usar. Ou seja, embora partilhes que estás, por exemplo, em Lisboa, esta revela as tuas coordenadas exatas .

Num dos primeiros comentários ao comunicado, um utilizador pergunta “porquê mencionar o dispositivo que está a ser usado”. Esta é uma funcionalidade também dispensável, sendo normalmente usada para se demonstrar estatuto através do dispositivo em uso.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Ultimate Team é o seu atual saco de boxe, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.