Tesla nega categoricamente que os seus carros estejam a sofrer de acelerações repentinas

Carlos Oliveira
Comentar

Depois do surgimento de uma petição junto da NHTSA de que os carros Tesla estariam a acelerar repentinamente, a empresa já veio desmentir tais alegações. A empresa de Elon Musk é categórica a afirmar que tais acusações não têm fundo de verdade.

No comunicado emitido, a Tesla refere que estas acusações são falsas. Ademais, a empresa diz que quem está por detrás disto tudo são vendedores de ações a descoberto.

Tesla garante que os seus carros estão a funcionar corretamente

No comunicado emitido hoje pela Tesla, é referido que os carros da marca estão a “operar como projetado”. Ou seja, os carros aceleram e travam apenas quando o respetivo pedal é pressionado pelo condutor.

Tesla Model X
Model X acidentado supostamente por causa de aceleração repentina

Em todos os carros que a Tesla analisou, os dados do veículo mostram um funcionamento normal. Logo, as acusações de que os carros da marca aceleram involuntariamente são falsas.

A empresa de Elon Musk continua afirmando que tanto o pedal do acelerador como do travão possuem sistemas independentes. Cada um deles grava os seus próprios dados, portanto, caso houvesse alguma anomalia essa seria registada pelo sistema do carro.

Condutores estão a queixar-se de acelerações repentinas que acabam em acidentes

Um conjunto de condutores de carros da Tesla submeteram junto da Administração Nacional de Segurança Rodoviária dos EUA uma petição contra a marca. Em causa, estão casos em que os veículos sofrem de uma “aceleração repentina inesperada” que terá resultado em cerca de 110 acidentes.

Condutores Tesla reclamam de aceleração repentina inesperada. Será mesmo isso ou azelhice? Aqui está um exemplo! pic.twitter.com/whhb7N9Ym9

— Filipe Alves (@filipeopensador) 19 de janeiro de 2020

Existe um vídeo (que podes ver acima) que nos mostra um Tesla a acelerar inesperadamente enquanto o condutor estava a estacionar. Não temos forma de provar se esta aceleração foi involuntária ou não, mas a Tesla nega qualquer responsabilidade no sucedido.

Para Elon Musk, existem vários vendedores de ações a descoberto que querem denegrir a imagem da sua empresa. Financiados por empresas ligadas ao ramo petrolífero, a ideia seria levar a Tesla à ruína.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.