Snapdragon 8 Gen 2: 5 novidades do novo processador Qualcomm

Rui Bacelar

A Qualcomm deu hoje a conhecer o seu mais recente processador topo de gama, o Snapdragon 8 Gen 2. Este é o chipset mais avançado da tecnológica norte-americana e o motor que vão querer ter nos próximos smartphones Android de topo.

Temos melhorias de desempenho significativas face à geração anterior - Snapdragon 8 Gen 1 - bem como uma grande melhoria na eficiência energética. Em suma, os smartphones (e tablets) podem assim ser mais rápidos e terão maior autonomia de bateria.

O novo chipset é formalmente conhecido pelo número de modelo SM8550-AB, um System-on-chip (SoC) para dispositivos móveis com litografia de 4 nm. É um chipset extremamente promissor, mais que preparado para o futuro.

Em seguida, damos a conhecer os principais destaques do produto, os pontos a reter.

1. CPU mais poderoso e mais eficiente para 2023

Qualcomm Snapdragon 8 Gen 2

A Qualcomm concentrou os esforços na otimização do poder de processamento para este chipset. Nesse sentido, temos aqui um aumento no desempenho de 35% face à geração anterior.

Em simultâneo, a Qualcomm garante também até 40% de maior eficiência energética, significando isto que o novo SoC é bem mais comedido no seu apetite por energia.

Temos a seguinte configuração nucleica: 1 + 4 + 3

  • 1 núcleo Kryo Prime a 3,2 GHz (Cortex-X3 da ARM)
  • 4 núcleos de alto desempenho a 2,8 GHz
  • 3 núcleos eficientes a 2,0 GHz

Em suma, este ano temos um total de quatro núcleos de alto desempenho a auxiliar o núcleo Prime, para os aspetos mais exigentes na sua operação. Para além disso, temos três núcleos mais eficientes, para as tarefas simples.

O Snapdragon 8 Gen 2 suporta ainda o mais veloz padrão de memória RAM e de armazenamento interno. Com efeito, temos suporte para memória LP-DDR5X RAM com frequência máxima de 4,200 MHz (face à LP-DDR5 a 3,200MHz).

Mais ainda, o padrão de armazenamento interno suportado por este processador é o USF 4.0, formato estreado pela Samsung, capaz de garantir velocidades de leitura até 4 200 MB/s e de escrita sequencial até 2 800 MB/s.

2. Gráficos mais realistas com ray tracing na nova Adreno GPU

Qualcomm Snapdragon 8 Gen 2

A mais recente gráfica integrada no Snapdragon 8 Gen 2 promete uma melhoria de desempenho até 25%. Ou seja, um incremento notório na performance dos gráficos e uma maior eficiência energética em até 45% o que é extremamente significativo.

Para além disso e a grande novidade é o suporte para ray tracing com aceleração de hardware. Esta é uma das maiores novidades de todo o SoC e promete abrir portas para uma nova era no gaming, para jogos mais realistas similares aos jogos de consola.

Segundo a própria Qualcomm, o suporte para ray tracing dará às fabricantes de tablets e smartphones Android a possibilidade de trazer novas experiência aos utilizadores. Já para os programadores, é a oportunidade ideal para dar um salto geracional nos gráficos e trazer uma experiência mais similar à do PC e consola com jogos AAA.

Para além disso, a nova Adreno GPU também suporta os padrões Vulkan 1.3 (bem como o OpenGL ES 3.2).

O departamento gráfico do Snapdragon 8 Gen 2 também suporta ecrãs com resolução Quad-HD+ até 144 Hz de taxa de atualização, ou ecrãs 4K a 60 Hz. Para além disso, suporta ecrãs externos até 4K a 60 Hz, com gravação a 10-bit 2020.

A sua gráfica garante ainda o suporte para os padrões HDR10+ e Dolby Vision. Para além disso, a Qualcomm também incluiu o suporte para o codec de vídeo AV1 neste seu chipset, suportando o streaming em resolução até 8K a 60 fps (com HDR).

3. Mais poder para as melhores câmaras fotográficas

A Qualcomm congratula-se de ter trabalhado junto da Sony para que os sensores da tecnológica nipónica com Digital Overlap HDR (DOL-HDR), bem como os sensores Samsung HP3 de 200 MP funcionem ainda melhor com o seu motor de imagem.

Isto é, a Qualcomm terá estudado e trabalhado no sentido de harmonizar os sensores Sony e Samsung de topo com o Snapdragon ISP (Image Signal Processor). Temos aqui um novo ISP com suporte para 18-bit e capaz de captar, em simultâneo, a informação captada por até três câmaras de 36 MP.

Pode também captar vídeos em 4K a 120 fps, além de câmara lenta em 720p HD a 960 fps. Temos ainda o suporte pra os padrões de vídeo HDR10+, HLG bem como Dolby Vision.

4. Conetividade reforçada no Snapdragon 8 Gen 2

Qualcomm Snapdragon 8 Gen 2

O processador Qualcomm Snapdragon 8 Gen 2 emprega um novo modem, o Snapdragon X70. O destaque vai para o suporte de ambas as frequências mmWave e sub-6GHz 5G.

Segundo a Qualcomm, o modem é capaz de atingir uma velocidade de download em pico de 10 GBps em tráfego de dados. Por outro lado, o upload pode chegar aos 3,5 GBps, tal como no seu antecessor.

O novo modem também suporta Dual-SIM, mais concretamente Dual-Active (DSDA), em que dois cartões SIM 5G (ou 5G+4G) estão ativos no smartphone em simultâneo.

Para além disso, temos também o suporte para o próximo grande salto na Internet sem-fios, o padrão Wi-Fi 7 norma (802.11be), aqui presente graças ao sistema FastConnect 78000.

Desse modo, conseguiremos navegar na Internet com uma velocidade máxima de 5,8 GBps, diminuindo também drasticamente o tempo de latência.

Mais ainda, o sistema FastConnect contempla a ligação Bluetooth 5.3. Em simultâneo, temos também o sistema Snapdragon Sound capaz de entregar áudio em 48 kHz lossless music. Já a latência, diminui agora para 48 ms, apto para jogar.

5. Inteligência artificial é outro dos bastiões da Qualcomm

O novo "motor" de inteligência artificial, Hexagon, introduz um novo formato INT4. É a primeira vez que este padrão chega a um chip Qualcomm para dispositivos móveis.

O resultado? A Qualcomm afirma que o desempenho da inteligência artificial será até 60% melhor, por cada Watt de energia gasta. É, segundo a Qualcomm, o resultado de uma nova metodologia de construção que aproxima também este "cérebro".

Para além disso, o novo Hexagon apresenta-se como mais rápido, com melhorias de 4,5x no desempenho deste cérebro artificial. A propósito, podemos ver acima vários exemplos das suas capacidades reforçadas para diferenciar diferentes partes e componentes numa imagem, entre outros atributos visíveis.

O Snapdragon 8 Gen 2 dominará a 1.ª metade de 2023

Qualcomm Snapdragon 8 Gen 2
As principais fabricantes que já expressaram a sua intenção em usar o novo SD8 Gen2.

O processador Snapdragon 8 Gen 2 será empregue pela maioria das fabricantes de smartphones Android atualmente no mercado. A lista inclui nomes sonantes como a Xiaomi, ASUS ROG, Honor, iQOO, Motorola, nubia, OnePlus, Oppo, Red Magic, Sharp, Sony, vivo, Meizu, bem como a ZTE.

Groundbreaking #AI capabilities. Ingenious capture for professional quality photo and video. Champion-level gameplay. Unparalleled connectivity. Introducing the @Snapdragon 8 Gen 2 Mobile Platform: The new face of premium. #SnapdragonSummit #TeamQualcomm https://t.co/FPiqwDkZpj

— Cristiano R. Amon (@cristianoamon) 16 de novembro de 2022

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@4gnews.pt