Samsung produzirá o Snapdragon 875 com "fórmula secreta"

Rui Bacelar
Comentar

O processador mais poderoso de 2021, em expectativa, será fabricado pela Samsung com o seu novo processo de 5 nm. A "fórmula secreta" da sul-coreana será a base para o próximo SoC topo de gama da norte-americana Qualcomm.

A informação foi avançada pela publicação Business Korea, referindo que o próximo Snapdragon será construído na Samsung Foundry de acordo com a arquitetura de 5 nm, o padrão de litografia mais avançado até à data.

O próximo Snapdragon 875 será produzido pela Samsung

Qualcomm Snapdragon 875 5 nm Samsung

O contrato custou à Samsung cerca de mil milhões de dólares e só terá sido possível graças à adaptação do fabrico de componentes semicondutores para a litografia de 5 nm. Para tal, a Samsung usou aquilo que apelida de litografia "Extreme Ultra-Violet".

A notícia veio surpreender o mundo tecnológico uma vez que a TSMC ((Taiwan Semiconductor Manufactoring Company) é, historicamente, a mais prolífera das fabricantes de semicondutores com clientes como a Apple e Huawei, entre outras.

Ainda assim, Samsung conseguiu agora arrancar-lhe este cliente e o mais cobiçado produto da Qualcomm. Aliás, ao construir o processador mais poderoso da linha 8xx, a Samsung será responsável por um dos melhores processadores de 2021.

Para tal, a Samsung terá ultrapassado as dificuldades na produção em massa destes componentes como processadores para dispositivos móveis. Algo que lhe terá custado um grande volume de encomendas e clientes para a taiwanesa TSMC.

O Snapdragon 875 pode ser o SoC mais poderoso de 2021

O sucessor do atual Snapdragon 865+ ainda não foi anunciado, mas, caso a Qualcomm mantenha o calendário de apresentações, será revelado em dezembro, durante o evento da empresa no Haway. Até lá, já sabemos quem fabricará este processador.

A imprensa sugere ainda que a Samsung terá feito uma oferta superior à da TSMC para garantir este negócio. Por outro lado, a empresa de Taiwan tem clientes como a Apple e Huawei, estando bem ocupada e preparada para produzir novos SoC.

Além da produção dos Snapdragon 875, a Samsung também deverá tratar de processadores mais económicos como o Snapdragon 735G, ou a gama Snapdragon 400. Espera-se que todos estes processadores já tenham modems 5G incluídos.

Quanto menor for a litografia, maior será o desempenho

Futuramente a Samsung deverá saltar da litografia a 5 nmpara o padrão a 3 nm, ainda em fase de investigação. De qualquer modo, contamos com processador com melhor desempenho e com menor consumo de energia graças a este novo processo a 5 nm.

Vale frisar que quanto menor for a distância entre os semicondutores, os componentes de um determinado processador, menor será o consumo energético e maior será o desempenho. Esta é, resumidamente, a importância da litografia dos chips.

A Samsung não está sequer perto da liderança no que concerne à produção de processadores e componentes semicondutores, mas a tecnológica sul-coreana espera encurtar essa diferença no futuro. Para tal, o Snapdragon 875 é realmente o produto ideal.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.