Samsung deverá tomar decisão questionável no seu próximo smartwatch

Carlos Oliveira
Comentar

Desde 2014 que a Samsung colocou de parte o Wear OS, da Google, como sistema operativo dos seus smartwatches. Ao invés, a sul-coreana tem apostado no Tizen OS, a sua própria solução que se tem provado bastante capaz e eficiente.

No seu próximo smartwatch, que deverá chegar no verão, os papéis irão inverter-se. De acordo com o que avança o conceituado Ice Universe, "o novo smartwatch da Samsung usará o Android para substituir o Tizen".

Samsung's new watch will use Android to replace Tizen.

— Ice universe (@UniverseIce) 19 de fevereiro de 2021

Samsung Galaxy Watch Active 3 deve chegar com Wear OS

Quando Universe fala em Android, não se acredita que a Samsung use uma versão modificada do sistema operativo para este tipo de gadgets. A escolha deverá recair sobre o Wear OS, software desenvolvido pela Google para os smartwatches.

Contudo, o Wear OS está longe de ser amado pelos consumidores e pelo mercado wearable. O sistema operativo da Google tem colhido várias queixas daqueles que o utilizam, com a autonomia a ser o principal ponto negativo a ele apontado.

Em contraponto, aqueles que usam os smartwatches da Samsung, com Tizen OS, têm-se mostrado bastante satisfeitos com esses produtos. Ademais, a integração que estes oferecem com os smartphones da sul-coreana são um grande trunfo e potenciam o ecossistema da empresa.

Não foi avançada nenhuma justificação para esta questionável mudança da parte da Samsung. Aliás, esta alteração de sistema operativo ainda não está sequer garantida, pese embora o historial de assertividade desta fonte.

Talvez o suporte para um maior leque de aplicações possa ter motivado a Samsung a transitar para o Wear OS. Os programadores estarão mais predispostos a trabalhar neste ecossistema do que a apostar no Tizen OS, com uma expressão de mercado bem mais limitada.

Ainda não se fala muito neste tema, mas o próximo smartwatch da Samsung deverá ser revelado no verão. Assim, é possível que o modelo que deverá abarcar esta mudança seja o Galaxy Watch Active 3.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.