Realme Band 2 é oficial: será que faz ‘tremer’ a Xiaomi Mi Band 6?

Bruno Coelho
Comentar

Após uma primeira geração sem grande sucesso, a Realme acaba de reforçar o seu espaço no segmento das smartbands. A fabricante chinesa apresentou oficialmente a Realme Band 2 que promete ser uma rival da Mi Band 6, mas cujo design faz lembrar (e muito) as alternativas da Huawei e Honor.

À semelhança dessas alternativas, a nova Realme Band 2 fica mais perto daquilo que se pode chamar um smartwatch ao nível de design. Mas no preço e características, promete fazer frente à grande referência do segmento: a já referida Mi Band 6.

Para começar, a Realme Band 6 apresenta-se com um extenso ecrã de 1,4” polegadas. Este aponta para uma resolução de 167 por 320 pixeis, e conta com um brilho máximo de 500 nits.

realme band 2

A marca divulga ainda as 50 watchfaces integradas que terás à disposição. Como vem sendo cada vez mais habitual, os utilizadores terão também a possibilidade de usar uma “fotografia que os faça sorrir” como fundo do ecrã.

Realme Band 2 agora tem sensor SpO2

Como seria de esperar de um produto deste género, pode contabilizar passos dados, dados do sono e frequência cardíaca. Face à sua antecessora, passa a medir o stress, os níveis de oxigénio no sangue (graças ao sensor SpO2) e a menstruação.

realme band 2

A primeira Realme Band tinha a suporte para apenas 9 modos desportivos, mas o novo modelo dá o salto para as 90. Na imagem abaixo podes conferir as 14 que estão disponíveis de imediato, sendo as restantes adicionadas após atualizações.

Realme Band 2 com autonomia para 12 dias

À semelhança das concorrentes, esta permite controlar a música ou câmara do teu smartphone. A marca promete 12 dias de autonomia, com uma bateria de 204 mAh. Conta com Bluetooth 5.1.

realme band 2

Para quem tenha dúvidas, a Realme Band 2 funciona em equipamentos com Android 5.1 ou superiores e iOS 11 ou superiores. Para tirar partido na totalidade do wearable, os utilizadores terão de instalar a app Realme Link.

A Realme Band 2 foi, por enquanto, apresentada apenas na Malásia por um valor equivalente a 35 €. Ainda não existem informações sobre data para um lançamento global, mas à semelhança da antecessora, será uma questão de tempo até tal acontecer. No entanto, dificilmente fará tremer a Xiaomi Mi Band 6.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Football Manager e o cinema são dois dos seus escapes, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.