Podcast 242: Loja Xiaomi em Portugal e Apple WWDC, continuação do problema da Huawei

Filipe Alves
Comentar

Está na hora de mais um Podcast 4gnews! Hoje é o dia! Assim sendo, prepara tudo o que tens a preparar porque às 21.30h (Lisboa) estamos em direto no Podcast 4gnews.

Todas as semanas nos reunimos aqui no Youtube para falarmos um pouco de tecnologia. Mas não tens só de ouvir. Passa aqui no link para escreveres os teus comentários e interagires um pouco connosco.

Huawei continua em apuros

Mais uma vez a Huawei continua em maus lençóis. Passou uma semana e a marca já se pronunciou sobre a situação. Contudo, mais empresas também se viram obrigadas a cortar negócio com a empresa asiática.

  • Agora é a vez do Windows da Microsoft excluir a Huawei!
  • Fundador da Huawei refere "Apple é o meu professor, protestarei se a China os banir"
  • Huawei já registou os possíveis nomes para a sua alternativa ao Android OS
  • Problemas da Huawei dão uma oportunidade de ouro à Xiaomi
  • Samsung e Xiaomi já começam a colher frutos dos problemas da Huawei

A primeira loja Xiaomi em Portugal

Está para breve a primeira loja da Xiaomi em Portugal. Dia 1 de junho abre no Porto a tão esperada loja física. O que esperar da loja? É o que mais queremos saber!

  • Xiaomi escolheu o Porto para a sua primeira loja oficial em Portugal
  • O que esperar da primeira loja da Xiaomi em Portugal

Apple WWDC

Novos software à vista. A Apple WWDC acontece no dia 3 de junho e os rumores são muito poucos. Será que as mudanças são também poucas? Será que teremos algo de hardware?

  • Apple obrigada a informar utilizadores ao alterar o desempenho de iPhones antigos
  • Apple Watch pode ter a própria App Store com o watchOS 6
  • O que esperar do iOS 13?
  • O que esperar do novo MacOS
  • Será que temos hardware à vista?
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.