Pepsi P1 poderá não passar de um sonho

Filipe Alves

Um dos meus objetivos pessoais é um dia criar uma marca de smartphones. Nunca escondi o meu sonho, mas infelizmente não tenho capital que outras empresas têm nem um nome como por exemplo a Pepsi usufrui.

Embora uma marca de refrigerantes, a eterna segunda marca atrás da Coca-cola, a Pepsi é uma empresa respeitável e lançar uma marca de smartphones poderia ser o início de algo mais à frente, onde as empresas, seja qual for o setor, pudessem acreditar mais no setor tecnológico.

Mas segundo novas informações o Pepsi P1 poderá não passar de apenas uma utopia, não conseguindo angariar o dinheiro necessário para fabricar os 12 mil equipamentos previstos.

O terminal ia ser apenas comercializado na China e certamente por isso não teve o abalo necessário de investimento. O equipamento não é propriamente novo, em vez disso é um smartphone já desenhado pela empresa #chinaaopoder Koobee, mas com o logo da Pepsi.

Segundo as notícias, teríamos um equipamento com processador Helio X10, 2GB de RAM 5.5 polegadas FHD e 3000mAh de bateria. Mas tudo isto poderá não se tornar real se em 3 dias a empresa não angariar mais 210 mil euros.

Não é certamente pela falta de dinheiro da Pepsi que o projeto não vai para a frente e é realmente uma pena não vermos mais marcas a pensar evoluir neste setor.

Talvez queiras ver:

  • Este é o pior tablet que alguma vez verás!
  • Vivo X6 e X6 Plus anunciados com 4GB de RAM e som de alta qualidade
  • Drones de entrega da Amazon não caíram no esquecimento, este é o segundo modelo

;)

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.