Oppo Watch 2 será o 1.º smartwatch a usar o Wear OS reforçado pela Samsung e Google

Rui Bacelar
Comentar

Foi durante a última edição da Google I/O que ficamos a conhecer uma grande remodelação da plataforma Wear OS, graças à união com a Samsung, criada inicialmente pela Google para correr em smarwatches e outros wearables.

Com efeito, a tecnológica sul-coreana trouxe os melhores elementos do seu TizenOS, também ele concebido para correr em relógios inteligentes, para a plataforma WearOS da Google e o primeiro produto onde estará presente será o OPPO Watch 2.

O "novo" WearOS surgiu da união entre a plataforma da Google e o TizenOS da Samsung

We’re combining the best of @wearosbygoogle and @SamsungMobile Tizen into a unified wearable platform. ⌚ Apps will start faster, battery life will be longer and you'll have more choice than ever before, from devices to apps and watch faces. #GoogleIO pic.twitter.com/vj2aYZD81x

— Google (@Google) 18 de maio de 2021

A notícia foi avançada em primeiro lugar pelo portal XDA Developers, com base numa informação avançada por um informador chinês que avança várias das especificações técnicas do produto.

De acordo com o seu relato, o relógio utilizará o processador Snapdragon Wear 4100 da Qualcomm, uma das plataformas móveis mais comuns neste nicho de mercado. Este chip usa uma litografia de 12 nm e foi apresentado em julho de 2020.

Sabemos ainda que o novo smartwatch OPPO será acompanhado por um co-processador Apollo 4s. O chipset secundário ficará encarregue de tarefas específicas como, por exemplo, o acompanhamento da atividade física do utilizador.

O OPPO Watch 2 seguirá os traços gerais do Apple Watch

OPPO Watch 2

Acima vemos um dos primeiros teasers do OPPO Watch 2 que nos dão a silhueta completa do smartwatch. Vemos, assim, que o produto seguirá o design geral e formato padrão do Apple Watch, uma das figuras dominantes do mercado.

Ainda de acordo com os teasers, a fabricante dá a entender que o novo relógio terá uma melhor autonomia de bateria. Ficamos também a saber que o anúncio do produto deve ocorrer durante a segunda metade do ano, provavelmente em setembro.

Entre as suas especificações técnicas contamos também com 16 GB de armazenamento interno. A conetividade será garantida pela inclusão de um eSIM com suporte para LTE (redes móveis de quarta geração).

O leaker aponta ainda a existência de uma versão com suporte para ECG a ser lançada em ocasião posterior.

O novo smartwatch chega na segunda metade de 2021

OPPO Watch 2

Estas são as configurações principais para o produto que, dependendo do mercado, chegará com outro software. Assim, para a Europa e principais mercados mundiais teremos o novo WearOS, ao passo que para a China teremos o algo distinto.

Mais concretamente, podemos apontar a presença da interface ColorOS para smartwatch, sendo baseada no Android Oreo 8.1. A isto soma-se um sistema operativo secundário em tempo-real (RTOS) para aumentar, ainda mais, a autonomia de bateria do produto.

Os consumidores poderão optar entre dois tamanhos de caixa, 42 mm e 46 mm, respetivamente.

Assim, aser verdade, o OPPO Watch 2 será um smartwatch equipado com

  • Oppo Watch 2 de 42 mm em Mine Shaft
  • Oppo Watch 2 de 42 mm em Gold Sand
  • Oppo Watch 2 de 42 mm em Water Leaf
  • Oppo Watch 2 de 42 mm em Matisse
  • Oppo Watch 2 de 46 mm em Mine Shaft
  • Oppo Watch 2 de 46 mm em Dusty Gray
  • Oppo Watch 2 de 46 mm em Steel Blue

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.