iphone7_render

Ainda no início desta tarde te demos a conhecer a possibilidade de o novo iPhone 7 Plus trazer melhorias ao nível da bateria e armazenamento interno. Agora olhamos novamente para o próximo flagship da Apple, mas desta vez em algo que afetará os dois modelos que muito provavelmente serão apresentado mais lá para o final do próximo verão.

Mais uma vez estas informações têm fontes orientais, mais precisamente oriundas da China. O site de um distribuidor de componentes nacional libertou novos renders do que facilmente se associam ao próximo iPhone 7.

   

Estas imagens mostram um equipamento mais fino e que seguirá a linha de construção a que temos estado habituados no segmento dos topos de gama: o vidro. Mais precisamente estamos a olhar para vidro 2.5D, o que adiciona uma ligeira curvatura ao ecrã nas suas margens, mas ao mesmo tempo algo muito subtil.

É ainda mostrada uma liga metalizada nas laterais do equipamento que certamente te darão uma sensação muito boa quando pegares num destes exemplares.

iphone7_render2

As mesmas imagens mostram ainda a presença de um jack áudio de 3.5mm, algo que levanta algumas dúvidas quanto à veracidade das imagens. Foi já dito anteriormente que a próxima iteração do iPhone poderá deixar de parte a entrada de 3.5mm em favor da resistência à água e uma bateria maior, daí as dúvidas legitimamente levantadas em torno das imagens.

Podemos ainda visualizar a presença do novo processador da Apple, o A10, bem como uma base para carregamento sem fios com o smartphone pousado em cima da mesma, o que rapidamente nos leva a especular a presença desse tipo de tecnologia no novo iPhone 7.

É ainda muito cedo para existirem certezas em torno do próximo iPhone 7, por isso deves levar estes renders com o seu devido grão de sal. Apesar disso, eles mostram um equipamento que considero ser muito bonito e que certamente dará um feeling bastante premium a quem o possuir.

Talvez queiras ver:

😉

Fontegizchina
O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.