NOS estabelece parceria pioneira de 5G em Portugal

Bruno Coelho
Comentar

Em comunicado, a NOS anunciou uma parceria pioneira em Portugal. A primeira operadora a introduzir o 5G em Portugal juntou-se à Unilabs, para dotar o seu laboratório central com rede 5G.

Esta pretende antecipar “a revolução digital que a nova geração de comunicações móveis vai potenciar”. Além disso, “aumenta a disponibilidade e a resiliência do serviço de comunicação do laboratório, permitindo dar uma resposta mais eficiente ao elevado fluxo de informação processado pela empresa”.

A Unilabs dispõe de uma rede com mais de 1000 Unidades de atendimento em Análises Clínicas, Anatomia Patológica, Cardiologia, Gastrenterologia, Genética Médica, Medicina Nuclear e Radiologia.

NOS 5G

5G vai revolucionar operações da Unilabs

Para a Unilabs, a introdução do 5G no dia-a-dia vai permitir melhorar significativamente a qualidade dos serviços prestados, principalmente na gestão do grande volume de dados processados diariamente.

“Este projeto que desenvolvemos no laboratório Porto Central da Unilabs, reflete a capacidade da NOS em colocar, desde já, o poder do 5G ao serviço das instituições e, consequentemente, dos cidadãos”, afirma Manuel Ramalho Eanes, administrador da NOS.

Já Luís Menezes, CEO da Unilabs, refere que “a robustez e fiabilidade dos nossos sistemas é fundamental para garantir a qualidade dos nossos resultados e o nível de serviço”.

Dessa forma, a instalação do 5G no laboratório da Unilabs é visto como uma forma de estar “na linha de frente da inovação na área das comunicações, e reforça as redundâncias de sistemas, que são essenciais para garantir a qualidade e a rapidez dos serviços que prestamos a milhões de portugueses”.

A solução 5G implementada pela NOS é uma alternativa eficiente e escalável às redes fixas com as vantagens de ser adaptável a requisitos de largura de banda e aplicações sensíveis à latência e de assegurar um acesso com capacidade de resposta em caso de falha do circuito principal em fibra ótica. Adicionalmente, a entrega do acesso 5G acontece, tal como numa rede fixa, com a garantia de suporte da tecnologia 4G, no caso remoto de falha da tecnologia 5G.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.