Disney Netflix Fox
O que poderá a Netflix fazer para combater uma Disney que deterá uma Fox?

A Netflix é uma empresa que muitos olham como a pioneira no mundo do streaming de vídeos e séries de forma oficial. A Disney, por sua vez, pretende adquirir a Fox para quebrar com a tendência anterior. Pelo menos, é o que dizem os rumores.

De facto, se é bastante sabido que a empresa de Mickey Mouse e companhia lançará o seu produto concorrente ao serviço de streaming da Netflix em 2019, pouco se poderá confirmar acerca da possível compra da primeira pela Fox.

Vê ainda: A história por trás da mítica fotografia de Steve Jobs

   

No entanto, de acordo com as últimas notícias, é isso mesmo que acontecerá. A aquisição de uma pela outra, que pouco ou nada mexeria na contabilidade da Disney, faria com que a mesma ganhasse, em vários aspetos.

Em primeiro lugar, a Fox não seria totalmente adquirida, isto é, a Disney não necessitaria despender a quantia monetária que equivale ao total do valor da empresa que detém vários canais de televisão. Isto é, a Fox News e Sports continuariam a pertencer à empresa.

Todavia, todo o departamento Century Fox passaria a ser detido pela Disney. Consequentemente, a mesma não só retiraria a Fox do seu caminho, bem como ganharia todo o know-how da mesma para assimilar ainda mais o seu plano para 2019. Plano esse que só tem um objetivo: a longo prazo, derrotar a Netflix.

Disney será uma dor de cabeça para a Netflix…

Por último, séries como os Simpsons ou Futurama, ainda que citem opiniões diversas, continuam a ser uma autêntica fonte de rentabilidade da Fox e, possivelmente, caso tudo isto se venha a verificar, da Disney.

Assim, fica atento(a) a 4gnews.pt para saberes como esta história se irá desenrolar de modo a não perderes pitada sobre este e outros temas.

Assuntos relevantes na 4gnews:

MIUI 9 começa aos poucos a chegar ao Xiaomi Mi 5 e Mi 5s Plus

iPhone X – Poupa bateria com esta simples dica para o teu iPhone

Ulefone T1 Premium Edition – As cores do Barcelona por 234€

FonteComicBook

Desde cedo comecei a interessar-me pelo que podia fazer no computador. Porém, a grande paixão surgiu com o primeiro telemóvel e complementou-se com os smartphones. Nada há a dizer, são simplesmente fantásticos e úteis em todo o tipo de situações.