MIUI 14: esta é a melhor novidade para smartphones Xiaomi [opinião]

Rui Bacelar
Comentar

A MIUI 14 é a atualização de sistema mais aguardada pelos utilizadores de smartphones Xiaomi. Porém, aquilo que não está imediatamente visível neste update será, na prática, um dos melhores trunfos para quem tem um smartphone Xiaomi mais barato.

Em causa está a suposta remoção efetiva da publicidade apresentada na interface da marca, em diversos pontos da mesma e sobretudo nos modelos de telemóvel mais baratos. Este autêntico flagelo continua a arrastar a imagem da Xiaomi em pleno 2022 pode, em breve, ter fim à vista.

Quem compra um smartphone barato sabe o que é ter publicidade na UI

Xiaomi 12T
O modelo Xiaomi 12T não apresenta publicidade na sua UI.

Fabricar, expedir, garantir e suportar um smartphone barato não é tarefa fácil. Sobretudo quando as suas caraterísticas técnicas são geralmente acima da média, como no caso de várias propostas da Xiaomi.

Porém, uma forma de suportar estes encargos e equilibrar a balança fiscal da empresa é a venda de espaço publicitário no interior dos seus telemóveis. É ocasional. É fugaz. Mas existe em rápidos pop-ups em determinados menus das Definições, por exemplo.

A prática é antiga, não exclusiva da Xiaomi, mas mais conhecida junto desta marca graças também à sua enorme (e merecida) popularidade em Portugal. Não obstante, a publicidade exibida na interface, apesar de escassa, é absolutamente desagradável.

2023 pode trazer uma MIUI 14 sem publicidade nos smartphones Xiaomi

Xiaomi 12T

Assim, se até agora temos tolerado a utilização deste mecanismo de rentabilização do produto pela marca, está mais que na altura de "reformarem" este subterfúgio.

Se a Xiaomi se quer afirmar como marca premium, ou cumpridora das regras, hábitos e preceitos europeus, então o smartphone tem que ser pleno do utilizador. Isento de contrapartidas escondidas no seu "miolo" e que em breves segundos irritam o utilizador.

Sucintamente, se a Xiaomi quer continuar a crescer na Europa, tem que abandonar práticas comummente associadas ao mercado asiático, sem desmérito a este.

Porém, o consumidor europeu quando compra um produto, seja ele o mais barato, ou o mais caro da marca, tem uma expectativa de fruição plena do mesmo sem ter que "pagar" um extra ao ser-lhe apresentada publicidade aleatória.

Apps e jogos pré-instalados, tudo bem, mas não à publicidade!

Xiaomi 12T

Mais subtil, mas com tradição igualmente vasta, é a inclusão de aplicações e jogos pré-instalados nos dispositivos móveis. Por via da regra, a fabricante "vende" este espaço de destaque para as apps e jogos dispostos a pagar por tal.

É uma forma menos intrusiva de gerar proveitos financeiros que, nos moldes atuais, consideramos aceitável. Ainda que não seja de todo ideal pois, por vezes, encontramos conteúdos que em nada contribuem para uma melhor experiência de utilização.

Por outras palavras, temos algum bloatware aceitável sob a forma de aplicações de terceiros que já marcam presença nos telemóveis sem o utilizador as instalar, ou ter quanto a elas uma palavra a dizer. Todavia, a maioria é, atualmente, de remoção fácil.

Fim da publicidade na MIUI é uma das melhores novidades da MIUI 14

Após anos de críticas, mas de aceitação contrariada, os utilizadores podem agora esperar pela MIUI 14 mais limpa. Ao que tudo indica, com a próxima atualização de sistema, baseada já no sistema operativo Android 13, a MIUI 14 pode mudar para melhor!

Será um Android melhor, mas sobretudo uma experiência de utilização mais justa para quem compra um smartphone barato. Isto porque, a maioria dos modelos que exibem publicidade na UI são os seus telemóveis mais acessíveis.

Adivinha-se assim uma mudança radical na interface da marca, deixando de existir publicidade em vários elementos de apps, definições e outros pontos dos próprios smartphones Xiaomi.

Há, porém, um revés que não podemos de boa-fé ignorar. Quando, ou se a Xiaomi abdicar desta fonte de receita, é possível, ou mesmo provável, que o preço dos produtos possa subir.

Sumariando, sem desmérito para as novidades efetivas a chegar à interface MIUI 14 com os trunfos do Android 13 da Google, aquilo que mais me anima, é, efetivamente, o fim (já prometido previamente) da publicidade exibida.

Por fim, só com a chegada desta atualização a todos os modelos da marca (eleitos para o update) é que saberemos se, efetivamente, este flagelo desapareceu. Só aí veremos se empresa de Lei Jun deixou o Android mais limpo em todos os smartphones Xiaomi.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com a atualidade tecnológica na 4gnews. Email: ruibacelar@4gnews.pt